Qual o melhor sistema para formatar um pen drive? FAT32, exFAT ou NTFS?

Por Dimitri Pereira

Sempre que você vai formatar um pendrive, um cartão SD ou um disco rígido pelo Windows, são oferecidas três opções no menu de sistema de arquivos. São eles NTFS, FAT32 e o exFAT. Dependendo do uso da unidade de armazenamento e em qual dispositivo será colocado, todas as três opções possuem prós e contras.

Temos que levar em consideração a compatibilidade com os sistemas operacionais e os aparelhos. Para isso é importante saber o que é um sistema de arquivos, a definição de cada um deles e qual o formato ideal para as diferentes unidades de armazenamento.

Sistema de arquivos

Um sistema de arquivos é um aglomerado de normas utilizado para determinar como os dados são organizados e guardados numa unidade de armazenamento, como um pendrive, um disco rígido ou um cartão SD. Cada sistema utiliza um modo de organização e define como esses dados serão acessados pelos dispositivos.

Veja qual é a diferença entre cada um dos três: NTFS, FAT32 e exFAT.

NTFS

O NTFS foi criado para o Windows NT em 1993 e passou a integrar as versões domésticas com o Windows XP. Ele conta com vários recursos para operar os arquivos, como o journaling, que dá permissão ao sistema operacional para manter um registro de todas as mudanças que um arquivo sofreu. Desse modo, se acontecer um erro durante a gravação de um dado, há a possibilidade de restauração dos arquivos.

Com ele também, há muitos mecanismos de segurança, o que o torna ideal para instalações do Windows.

Porém, esse padrão não é bom para ser usado em pendrives e unidades de armazenamento externo porque ele conta com atividades de leitura e gravação maiores em relação aos outros padrões FAT32 e o exFAT. Isso diminui a vida útil desses dispositivos. Um outro problema é a compatibilidade, pois os consoles Playstation não o suportam, os computadores com o Mac OS só farão a leitura e entre os consoles da Microsoft, apenas o Xbox One é compatível.

FAT32

FAT é uma sigla originada de File Allocation Table, que quer dizer tabela de alocação de arquivos. Ele foi criado para ser o novo padrão no Windows 95 e substituiu o FAT16. Ele é o mais antigo sistema entre os três aqui citados e por isso é o que mais possui compatibilidade com a maioria de dispositivos e sistemas operacionais.

A maioria dos pendrives é formatada no sistema FAT32, exatamente para garantir que a leitura e gravação dos arquivos possam ser feitas em computadores com Windows, Linux e Mac OS e aparelhos e videogames que possuem porta USB. No entanto, esse sistema não permite que arquivos individuais ultrapassem 4 GB de tamanho. Então, como exemplo, ao formatar um cartão SD em FAT32 para utilizá-lo em uma câmera, pode acontecer uma divisão no arquivo ao gravar um vídeo que seja maior que o limite de 4 GB.

O FAT32 é ideal para formatar pen drives e dispositivos de armazenamento externo desde que eles tenham até 4 GB. Esse padrão também é interessante para ser usado em aparelhos e sistemas operacionais mais antigos, que não suportam outras formatações além dela.

exFAT

O exFAT foi criado em 2006 e incluído nas versões do Windows XP e no Windows Vista, através de atualizações. Esse é um sistema de arquivos que foi melhorado e idealizado para ser tão eficiente quanto o FAT32, porém, sem limitações como o do tamanho de arquivo que não pode ultrapassar os 4GB. Ou seja, assim como o NTFS, não há limite de tamanho para arquivos individuais e praticamente ilimitado para partição.

Esse sistema é compatível com vários sistemas operacionais e dispositivos como a maioria das câmeras digitais, computadores com Windows e Mac OS e com os consoles da nova geração.

Porém, não são compatíveis com o Xbox 360, Playstation 3 e para utilizá-lo no Linux, é necessário instalar softwares adicionais.

O sistema exFAT é ideal para formatar pen drives e dispositivos de armazenamento externo que tenham mais de 4 GB de tamanho.

Conclusão:

O NTFS é a melhor opção para HDs internos que trabalham com Windows;

O exFAT é ideal para pen drives e HDs externos com mais de 4GB de tamanho

E o FAT32 é bom para ser usado em dispositivos que não suportam os outros sistemas de arquivos acima.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.