Entenda as diferenças entre o hardware do PS 3, XBOX 360 e um computador

Por Ultradownloads

Alguns dizem que é muito melhor jogar em um videogame, como o XBOX 360 ou o Playstation 3, do que em um computador pois o jogo fica com muito mais detalhes, além do fato desses consoles serem relativamente antigos e os computadores atuais possuem poder de sobra para conseguir um nível de detalhes superior. Mas até que ponto isso é verdade? Neste artigo o Canaltech vai mostrar em detalhes as diferenças entre esses dois consoles e um computador para você tirar as suas próprias conclusões, confira!

Consoles:

Ao abrir um videogame podemos observar que ele possui processador, memória RAM, placa de vídeo e disco rígido, exatamente os mesmos componentes encontrados nos computadores que utilizamos em nosso dia-a-dia. Abaixo temos as configurações de hardware dos dois principais consoles:

XBOX 360:

  • Processador IBM PowerPC Triple-Core 3.2 GHz;
  • Placa de vídeo ATI Xenos 500 MHz com 10 MB de memória RAM;
  • 512 MB de memória RAM GDDR3 700 MHz;
  • 250 GB de disco rígido (podendo ser mais ou menos dependendo da versão);
XBOX 360

XBOX 360

Playstation 3:

  • Processador Cell PowerPC Octo-Core 3.2 GHz onde 1 núcleo é reservado para o sistema operacional, 1 é desabilitado e os outros 6 são efetivamente utilizados para rodar os jogos;
  • Placa de vídeo Nvidia "Reality Synthesizer" 550 MHz com 256 MB de memória RAM GDDR3;
  • 256 MB de memória XDR;
  • 80 GB de disco rígido (podendo ser mais ou menos dependendo da versão);
Playstation 3

Playstation 3

Atualmente é comum encontrar computadores quad-core, 4 GB de memória RAM e placas de vídeo dedicadas de 1 GB a um preço relativamente acessível, mas incapazes de rodar os jogos dos consoles acima com o mesmo nível de detalhes mesmo mesmo contanto com uma configuração superior, e isso acontece por dois motivos principais:

Os computadores precisam não apenas rodar os jogos, mas também manter o sistema operacional funcionando, com todas as suas aplicações. Isso faz com que o poder do processamento e a quantidade de memória utilizada fique dividida entre dois processos bastante pesados, o que não acontece nos consoles, já que estes carregam apenas os componentes necessários para rodar o jogo e reservam todos os recursos disponíveis apenas para isso.

Outro ponto muito importante é que os videogames foram projetados exclusivamente para rodar jogos, possuindo uma arquitetura dedicada para isso, tanto que a construção do Playstation 3 é muito utilizada em computadores de alto desempenho para aplicações específicas. Tecnicamente falando, é possível instalar o Microsoft Windows tanto no Playstation 3 quanto no XBOX 360, porém com um desempenho bastante baixo, já que os computadores possuem uma arquitetura de uso geral, o que torna possível navegar na internet, visualizar vídeos e desenvolver programas sem grandes problemas, o que não acontece com os consoles.

Além disso, depois da finalização do desenvolvimento dos jogos eles passam por um processo de adaptação para rodarem nos consoles muitas vezes sacrificando alguns detalhes no processo, o que não acontece nos computadores, onde podemos configurar uma quantidade de detalhes muito maior (ou menor), dependendo da potência do hardware que temos disponível.

Devido à necessidade desse duplo processamento de instruções em computadores, precisamos de um hardware bastante superior para conseguirmos o mesmo nível de qualidade atingido pelos consoles, porém atualmente temos componentes muito mais poderosos para podermos alcançar resultados ainda maiores, considerando que o XBOX 360 e o Playstation 3 foram criados em 2005.

Games mais pesados, como o Crysis 2 e Battlefield 3 podem ser jogados com uma resolução e um nível de detalhes consideravelmente maiores do que os alcançados em consoles, mas para isso naturalmente é necessário investir pesado em um computador voltado para esse fim, muitas vezes contanto com placas de vídeo trabalhando em pararelo (SLI ou Crossfire).

Computador de jogos

E você, prefere jogar em consoles ou em PCs?

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.