Como fazer um overclock em uma APU de notebook

Por Ultra Downloads

Adquiriu uma APU da AMD recentemente? Pois saiba que elas também podem ter suas velocidades aumentadas através de técnicas de overclock e, assim, trazer mais desempenho sem precisar de um investimento adicional.

Os modelos voltados pra desktop podem ser "overclockados" do jeito convencional, que é entrando na BIOS logo na inicialização e mudando os parâmetros de tensão base (Vcore), multiplicador e clock base (tipicamente 100 MHz ou 200 MHz no caso de processadores AMD). Mas, como fazer o mesmo em notebooks?

Nestes casos, as configurações que permitem modificar a velocidade do processador são bloqueadas, sendo necessário recorrer a técnicas via software. As APUs de primeira geração (conhecidas como Brazos) e segunda geração (codinome Trinity) pertencem à plataforma K10 de processadores AMD, então, o programa K10STAT servirá para todos os modelos.

Em nosso exemplo, utilizaremos um modelo E-350, que é um modelo dual-core rodando a 1,6 GHz e equipado com uma placa de vídeo Radeon HD 6310.

Depois de baixado o programa, descompacte-o em algum lugar e execute o arquivo K10STAT.exe sem modificar a localização dos outros arquivos, como mostrado abaixo.

como fazer overclock

A janela inicial do programa não é o que podemos chamar de intuitiva, dando uma série de informações técnicas sobre o processador como tensão base, clock padrão e carga da CPU. Clique na aba "P-State" para ter acesso aos controles de velocidade.

Tela inicial K10STAT

Nesta tela é onde a mágica acontece. Na marcação número 1 temos três parâmetros: FID, DID e Voltagem da CPU. A combinação entre o FID e DID resultará na frequência final do processador de forma que é possível testar várias delas para se obter a desejada. Não é necessário alterar a frequência de operação pois ela já é alta o suficiente para qualquer frequência, fora que notebooks são mais sensíveis e o risco de queimá-los é maior.

Na janela número 2 estão destacados as frequências do gerenciador de energia do processador, que também podem ser alterados para economizar energia.

Parâmetros do K10STAT

Agora é só combinar o FID e DID para obter a frequência desejada e clicar em "Aplicar". Em nosso exemplo, colocamos a APU para trabalhar a 2133 MHz, um overclock de mais de 33%, bastante considerável para um notebook, mas é possível fazer qualquer combinação, inclusive realizar um underclock para economizar a energia e assim aumentar a durabilidade da bateria.

Overclock com o K10STAT

Conseguiu aumentar a frequência de sua APU? Conte-nos a que velocidade ela está trabalhando!