O que é PhysX?

Crysis 3 com PhysX da Nvidia

Com o passar do tempo os jogos 3D foram ficando mais e mais sofisticados, antes utilizando caixas com decalques para criar a noção de formas e texturas, método que evoluiu para polígonos altamente detalhados, sombras muito mais realistas e texturas iluminadas. Antes os programadores precisavam fazer os pré-cálculos de como um objeto ou partícula iria se comportar, não só dando bastante trabalho para implementar como não atingindo o nível de detalhes esperado.

Desde que a fabricante de jogos 3D chamada Ageia começou a trazer o conceito de computação física para o mercado todos começaram a se procupar em como alguns elementos são processados. Por exemplo: como projetar as gotas de uma cachoeira, partículas de ar, explosões e outros elementos que exigem uma quantidade brutal de processamento? Para investir nesse conceito, a Nvidia comprou a Ageia com todo o know-how na área e começou a investir pesado na tecnologia.

Nvidia GeForce GTX 480M com PhysX

Desde então, sob o nome de PhysX a Nvidia começou a implementar um motor de cálculos físicos para os jogos, tornando a experiência 3D muito mais realista e permitindo aos programadores adicionar detalhes antes não possíveis através do processamento gráfico convencional. Uma unidade de cálculos físicos presentes nas placas mais modernas permitiu que os jogos compatíveis com a tecnologia se tornem uma experiência muito mais real, como é o caso do Crysis 3.

Nvidia Logo

Possui uma placa de vídeo Nvidia compatível com a tecnologia? Conte-nos o que acha!

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.