Novo golpe no WhatsApp se aproveita do Dia Internacional da Mulher

Por Felipe Demartini | 07 de Março de 2018 às 09h30
TUDO SOBRE

WhatsApp

O Dia Internacional da Mulher, que acontece nesta quinta-feira (08), se tornou a mais nova arma de hackers na busca por ganhos ou dados pessoais. Desde o último final de semana, mensagens estão sendo disseminadas pelo WhatsApp prometendo a entrega de um kit de maquiagem gratuito, bastando apenas preencher o cadastro em um site cujo link é enviado juntamente com o texto.

Voltada para mulheres, mas também para os homens (que podem se interessar nos produtos como presentes), a campanha, na realidade, tem o objetivo de gerar ganhos para os criminosos a partir de anúncios exibidos na página de cadastro. Além disso, em alguns casos, também existe a tentativa de infecção do smartphone para um possível roubo de dados pessoais.

Mensagem fraudulenta chega pelo WhatsApp e promete kit de maquiagem gratuito (Imagem: Kaspersky)

Quem alertou sobre a situação foi o Kaspersky Lab. A empresa de segurança aponta a similaridade do golpe com outro detectado recentemente, que prometia produtos da marca O Boticário de forma gratuita para quem acessasse um link determinado e preenchesse algumas informações. Novamente, a ideia era obter ganhos com anúncios e levar a campanha adiante.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Há, também, um caráter de engenharia social, uma vez que, durante o questionário, o usuário é induzido a compartilhar a mensagem da promoção com todos os seus contatos do WhatsApp. O texto é escrito de forma extremamente pessoal, apesar de enviado por um sistema automatizado, em um método que pode ajudar na confusão de possíveis vítimas quanto à veracidade da promoção.

Golpe simula a aparência de grande marca nacional de cosméticos (Imagem: Kaspersky)

Além disso, notificações do navegador também são utilizadas como uma maneira de disseminar ainda mais as informações falsas. Os métodos, entretanto, já são reconhecidos pela Kaspersky, mas o fator altamente mutável dos golpes chama a atenção, mostrando a clara intenção de manter a campanha ativa e gerando lucros com base na inocência das possíveis vítimas e utilizando temas de interesse geral.

Como estamos falando de uma tentativa de golpe tradicional, felizmente as medidas para se proteger também são básicas. O usuário deve, o tempo todo, desconfiar de links enviados por meio de mensageiros ou redes sociais, principalmente quando eles acompanharem a promessa do recebimento de itens gratuitos, mesmo quando tais textos venham das mãos de contatos conhecidos.

A utilização de soluções de segurança no computador ou smartphone também é recomendada, assim como a negativa a qualquer pedido de notificação no navegador, principalmente aqueles vindos das próprias páginas de promoção. Por fim, ao acessar sites de bancos, redes sociais ou lojas, prefira digitar manualmente o endereço em vez de clicar em um link, que pode te levar a uma página similar, mas controlada por criminosos com o intuito de roubar dados.

Fonte: Kaspersky Lab

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.