Adolescente hackeia drone em 10 minutos para expor falhas de segurança

Por Natalie Rosa | 05 de Maio de 2019 às 14h00
Kaspersky Lab

Reuben Paul, um jovem de apenas 13 anos, hackeou um drone em 10 minutos para expor as falhas de segurança em dispositivos IoT (Internet das Coisas). A ação aconteceu na Cidade do Cabo, na África do Sul, durante uma conferência de segurança da Kaspersky Lab.

Também conhecido como "Cyber Ninja", o garoto, que está na sétima série, desconectou um usuário do seu drone para assumir o controle, provando uma urgente necessidade de medidas mais rígidas por parte das empresas desenvolvedoras de dispositivos como babás eletrônicas, equipamentos residenciais inteligentes, brinquedos, entre outros.

Reuben Paul no palco da conferência (Foto: Kaspersky Lab)

A recomendação da Kaspersky Lab é que as pessoas questionem as medidas de segurança adotadas pelas fabricantes, entendendo os riscos existentes antes de comprar um dispositivo conectado. Mesmo que haja um forte controle de governos sobre drones, ainda é preciso levar em conta fatores de segurança com muito mais seriedade.

Na apresentação, o jovem disse que conseguiu controlar o drone completamente com a invasão. "Imagine se isso fosse feito por cibercriminosos. Se eu consegui, quem vai dizer que cibercriminosos motivados não poderiam fazer algo semelhante? As consequências poderiam ser desastrosas", disse.

Reuben ainda contou ao público que o que estamos fazendo pela segurança não é mais suficiente e que é preciso tomar cuidado para que a Internet das Coisas não se torne a Internet das Ameaças.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.