Site da Secretaria da Educação de São Paulo é hackeado contra aumento de tarifas

Por Redação | 13 de Junho de 2013 às 00h55
photo_camera Reprodução

Hackers invadiram o site da Secretaria Estadual de Educação do Estado de São Paulo na madrugada desta quinta-feira (13). Na página principal, duas mensagens protestam contra o aumento das tarifas de transporte público na cidade de São Paulo, que passaram de R$ 3,00 para R$ 3,20 em 2 de junho.

"Exigimos a redução da tarifa! Os supostos representantes devem ouvir a vontade do povo! Basta de políticos inócuos!", diz a primeira das mensagens, acompanhada por uma imagem de um dos protestos que foram realizados na cidade nos últimos dias.

Uma segunda mensagem ainda deixa um alerta, supostamente para o poder público: "Estamos acordados! Seus dias de fartura estão contados! ;)", e convoca mais pessoas para o protesto que deve acontecer na tarde desta quinta-feira, com previsão de início para as 17h, na frente do Teatro Municipal.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A segunda mensagem é acompanhada por outra imagem que retrata diversas pessoas com as tradicionais máscaras de Guy Fawkes, associadas ao grupo hacktivista Anonymous. Na página, no entanto, não há nenhuma assinatura do responsável pela invasão.

Veja a imagem abaixo:

Secretaria da Educação Hackeada
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.