Anonymous afirma ter roubado 15 mil senhas de site da Coreia do Norte

Por Redação | 03.04.2013 às 13:02

Hackers que alegam ser do grupo de hackativismo Anonymous afirmaram que conseguiram roubar 15 mil senhas do site Uriminzokkiri.com da Coreia do Norte. A ação faz parte de uma nova campanha do grupo, intitulada 'Operação Coreia Livre', que quer que o ditador Kim Jong-un se afaste do cargo e que a democracia livre seja instaurada no país asiático.

O grupo afirma ter acesso a sites, servidores e intranets norte-coreanos e diz que se as exigências não forem atendidas, iniciarão uma guerra cibernética contra o país. Além da demissão de Jong-un, os hackers querem que o país pare com sua incursão nuclear e instaure a internet livre e sem censura para seus cidadãos. "Conseguimos 15 mil registros do site Uriminzokkiri.com e muito mais", escreveu o grupo. "Primeiro vamos limpar seus dados, e então vamos limpar o governo ditatorial".

As ameaças anônimas do grupo contra a Coreia do Norte fazem parte da tensão gerada entre as Coreias e os Estados Unidos nos últimos dias, com a constante ameaça do início de uma nova guerra. No entanto, os hackers afirmam que são contrários aos Estados Unidos, mas que lutam pela liberdade.