Google é condenada a pagar mais de R$ 19 bilhões por violar lei antitruste na UE

Por Natalie Rosa | 18 de Julho de 2018 às 10h56
EPA
Tudo sobre

Google

A Google foi autuada pelas autoridades da União Europeia por infringir as regras antitruste com o Android, que já sai das lojas com aplicativos pré-instalados, desfavorecendo a concorrência.

A multa recebida pela empresa bateu o recorde de 4,34 bilhões de euros, aproximadamente US$ 5 bilhões, ou R$ 19,3 bilhões.

O valor da punição é quase o dobro do recorde anterior, quando a companhia precisou pagar 2,4 bilhões de euros pelo seu serviço de compras online.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A multa representa um pouco mais de duas semanas de receita da Alphabet, empresa controladora da Gigante das Buscas, e não deve afetar seu caixa de US$ 102,9 bilhões, como nota a Reuters. No entanto, a empresa disse que irá recorrer.

"O Android criou mais opções para todos e não menos. Um ecossistema vibrante, de inovação rápida e preços mais baixos são marcas clássicas de uma competição robusta", rebateu a Google.

A ordem também foi que a Google suspendesse suas práticas anticompetitivas em contratos com fabricantes de smartphones e operadoras de telecomunicações dentro de 90 dias. Caso contrário, a companhia terá de pagar multa de até 5% do valor diário médio que a Alphabet arrecada em todo o mundo.

"A Google usou o Android como um veículo para a consolidação do seu mecanismo de busca. Essas práticas negam a chance das rivais de inovar e competir nos mesmos méritos. Eles negaram aos consumidores europeus os benefícios da concorrência efetiva na importante esfera móvel", argumenta Margrethe Vestager, chefe da comissão antitruste da União Europeia.

A UE ainda está analisando um terceiro caso envolvendo a Google, mais especificamente o Adsense. Segundo as autoridades, a empresa impede que sites de terceiros exibam seus anúncios em sua plataforma.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.