Huawei ajudará Curitiba em projeto de cidade inteligente

Por Redação | 28 de Junho de 2016 às 21h52

A ideia de incorporar tecnologias na experiência urbana parece ter conquistado os paranaenses. Com o intuito de criar um projeto de cidade inteligente – as chamadas smart cities –, a prefeitura de Curitiba, em conjunto com a Huawei e o Instituto Smart City Business assinou uma carta de intenções de cooperação institucional para promoção deste conceito.

Nesse acordo, a empresa chinesa apresentará produtos e ideias já implementadas em outras cidades do mundo que são referência internacional em qualidade de vida, desenvolvimento e respeito ao cidadão, bem como pretende demonstrar o conhecimento relacionado a projetos de cidades inteligentes já existentes.

Essa carta foi assinada durante a última semana em cerimônia com Gustavo Fruet, Prefeito de Curitiba, Jason Zhao, CEO da Huawei do Brasil, e o Presidente do Instituto Smart City Business, Leopoldo de Albuquerque, outro parceiro no projeto.

Paulo Miranda, secretário de Informação e Tecnologia da cidade, explicou alguns pontos específicos do projeto. “Buscamos parcerias com diferentes instituições, sempre focados na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Neste sentido, a prefeitura tem desenvolvido projetos em conjunto com universidades, instituições de pesquisa e governos. A Huawei é uma empresa com atuação destacada nesta área e temos interesse em conhecer os projetos, ideias e experiências da empresa em outras cidades do mundo”, disse.

Já Albuquerque acredita que esta iniciativa prática mostra o real objetivo da entidade que realizou seu congresso na capital paranaense em de março deste ano e, além disso, manteve aquecido o diálogo entre a Prefeitura e a empresa chinesa. “Promovemos uma agenda de debates para aproximar a iniciativa privada da gestão pública, esta parceria é um dos resultados práticos do nosso último evento e tenho certeza que a Huawei fará aqui será uma vitrine para outras cidades brasileiras e da América Latina”, destacou.

Segundo Jason Zhao, incorporar tecnologias às cidades é uma maneira eficiente de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. “A Huawei acredita que a inovação tecnológica dedicada a tornar as cidades mais inteligentes resulta em cidadãos mais seguros, saudáveis, felizes e capazes de aproveitar suas vidas de forma plena. O conceito de cidades inteligentes também irá promover a conexão entre prefeituras e cidadãos, tornando essa relação mais rápida e eficiente”, afirmou.

Huawei e as smart cities

Presente em mais de 170 países e territórios, a fabricante chinesa já participou em dezenas de projetos de cidades inteligentes e seguras em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde a empresa participa de iniciativas em Águas de São Pedro, em São Paulo, e Luís Eduardo Magalhães, na Bahia.

A Huawei também investe em pesquisa e desenvolvimento no campo de smart cities por meio de parcerias com universidades brasileiras, como a Universidade de São Paulo e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Via: Prefeitura de Curitiba

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.