Afinal, o que é CRM e qual a sua importância para as empresas?

Por Andressa Neves | 15 de Maio de 2018 às 07h01

Com o avanço da tecnologia no mundo corporativo, as plataformas de CRM têm sido amplamente utilizadas. Apesar disso, muitos gestores ainda não conhecem os benefícios dessas estratégias, que podem ser grandes diferenciais para o aumento da rentabilidade de empresas de todos os portes.

Atualmente, os empreendedores vêm percebendo a importância de ter como foco o cliente. Justamente por isso, o uso de ferramentas que oferecem informações sobre os clientes passam a ser indispensáveis para um bom andamento dos negócios. É exatamente esse o objetivo do CRM.

A sigla CRM significa Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente. Como o próprio nome sugere, o CRM tem como objetivo definir estratégias de negócios a partir de práticas e tecnologias capazes de analisar a interação do cliente com a companhia. Dessa forma, os sistemas de CRM permitem que as empresas otimizem seus resultados a partir da construção de um relacionamento positivo com o cliente atual ou potencial.

O que faz um sistema de CRM?

Existem diversos softwares de CRM disponíveis no mercado, mas há alguns pontos em comum entre eles. Basicamente, os sitemas contam com um banco de dados com informações valiosas sobre os clientes, incluindo nome, e-mail, telefone e endereço, bem como um histórico de comportamentos e compras na empresa, incluindo ligações por telefone, mensagens enviadas e visitas ao site.

Com essas informações, os gestores de um empreendimento conseguem melhorar a assertividade nas negociações, além de prever as necessidades e os desejos do cliente. Isso significa que a empresa passa a ter competência para atuar de forma personalizada com cada cliente, simplificando o processo de venda, principalmente, para a equipe comercial.

Entre as principais vantagens dos softwares de CRM está a possibilidade de compartilhamento das informações em tempo real com toda a equipe. Por funcionarem, em sua maioria, na nuvem, as plataformas podem ser acessadas em qualquer dispositivo, conectando todo o time para a criação de estratégias para melhorar o relacionamento com o cliente.

Outro ponto importante dos sistemas de CRM é a geração de relatórios automáticos capazes de munir a empresa de informações sobre o perfil dos clientes, mostrando as conversões realizadas a partir das estratégias traçadas.

Em outras palavras, esses softwares permitem que os gestores acompanhem a analisem o desempenho das negociações de forma simples e rápida, identificando falhas e oportunidades a partir da centralização de dados fundamentais para o planejamento estratégico dos setores comerciais.

Antes de contratar um sistema de CRM, no entanto, é essencial que a empresa saiba que existem inúmeras plataformas que podem ser adequadas ou não para os seus negócios. Enquanto grandes empresas demandam softwares complexos, capazes de integrar dados com maior necessidade de personalização, as pequenas empresas podem trabalhar com ferramentas mais básicas - e consequentemente mais baratas -, que serão suficientes para atender as suas necessidades.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.