Valve conserta bug de Half-Life 2 que já durava cinco anos

Por Nathan Vieira | 30 de Setembro de 2019 às 11h05
Valve
Tudo sobre

Valve

Saiba tudo sobre Valve

Ver mais

Cinco anos sem piscar. Assim ficaram os NPCs (sigla em inglês para "personagens não-jogáveis") de Half-Life 2, um jogo de tiro em primeira pessoa, lançado em 2004 pela Valve Corporation. Acontece que, em 2014, empresa migrou seus jogos para seu novo sistema de distribuição de conteúdo SteamPipe e foi aí que as coisas deram errado. Um bug simplesmente tomou conta do jogo e fez com que os NPCs não pudessem mais piscar, ficando parecidos com bonecos de vidoegames antigos. Foi só na recente atualização, em 2019, que tudo foi consertado.

As mudanças foram anunciadas por meio de uma notinha oficial publicada pela própria Valve: "Atualizações para Half-Life 2, Half-Life 2: Episode One, Half-Life 2: Episode Two, Half-Life 2: Lost Coast e Half-Life: Source foram lançadas. As mudanças incluem a correção de um problema ao salvar jogos, correção do SteamVR em execução ao entrar no menu de configurações, correção de sons ausentes e dos NPCs fixos sem piscar", escreveu a equipe. Os erros envolvendo os NPCs sem piscar foram descobertos por um usuário, mas muitos não perceberam, já que ele não afeta diretamente o funcionamento do jogo.

Half-Life 2 foi lançado em 2004, e a última atualização tinha sido em 2014

No início do ano, durante a Game Developers Conference, a Valve revelou os seus planos e a sua visão para o novo design da Steam, uma das plataformas mais famosas de distruibuição de jogos do mercado e afirmou que, caso um jogador queira experimentar a versão beta da plataforma, poderia fazer isso no segundo trimestre de 2019.

E no último dia 17, a empresa usou sua conta oficial do Twitter para anunciar a disponibilização da nova versão beta da biblioteca da Steam para quem quiser baixar. A compilação de 150 MB agora está disponível para download de todos os usuários plataforma e a nova atualização traz um novo design para o espaço, com um maior apelo gráfico e novas áreas para que os usuários tenham a possibilidade de conhecer mais sobre os seus jogos.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.