Os melhores jogos exclusivos lançados para o PlayStation 4

Os melhores jogos exclusivos lançados para o PlayStation 4

Por Wagner Wakka | 02 de Novembro de 2020 às 22h00
Montagem/Naughty Dog, Kojima Productions, Insomniac Games

A geração atual de consoles está chegando ao fim. O PlayStation 4, lançado em 2013, deixou pelo caminho uma série de excelentes exclusivos, característica que até hoje é considera um dos fatores principais de compra para o console.

Para homenagear esse guerreiro que está passando o bastão para a próxima geração, elencamos os dez melhores títulos, na nossa opinião, que já foram lançados para o console.

Aqui, vale somente uma regra: só cabem os exclusivos nos consoles (ou seja, pode até ter sido lançado também para o PC). Portanto, nada de Red Dead Redemption 2 e outros gigantes que a gente sabe que vocês amam.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

10. Ghost Of Tsushima

Como um bom samurai, Ghost of Tsushima chega para anunciar sua posição nesta lista. O game é o exclusivo que vai fechar a geração e, como tal, tende a explorar o máximo do que o console consegue entregar.

De fato, a narrativa de Jin Sakai pelo vasto mundo de Tsushima impressiona pela beleza e por aproveitar de mecânicas de exploração de mundo aberto apresentadas em The Legend of Zelda: Breath of The Wild.

Contudo, fica na nossa décima posição por não ter trazido exatamente muito elementos novos para a mesa. Ainda assim, é um excelente game, indispensável para quem tem um PlayStation 4.

9. Death Stranding

Também chamado de jogo do “Kojima sem amarras”, Death Stranding é um raro título super autoral na indústria AAA, em que jogos são feitos por centenas de pessoas. Em um mundo pós-apocalíptico, você controla Sam Bridges, um entregador responsável por levar mais que pacotes, mas também estreitar os laços da humanidade.

O jogo inova ao criar o verdadeiro sistema de “walking simulator”, cujo desfio é realmente conseguir chegar de um lugar ao outro, sem derrubar suas encomendas. No meio disso, há todo onírico que só a mente de Hideo Kojima consegue produzir.

8. Until Dawn

Este título merece uma posição nobre no altar dos games de PlayStation 4 por botar na mesa um elemento muito inovador. É a primeira vez que um jogo AAA em terceira pessoa com narrativa tão profunda consegue oferecer várias e várias opções de enredo para o jogador.

O sistema foi tão bem-vindo ao gênero que também foi explorado em outros jogos focados em narrativa, como Detroit: Become Human. Diante de uma trama que se encaixa bem nos seus diferentes caminhos, entra em oitavo na nossa lista.

7. Uncharted 4: A Thief’s End

A saga de Nathan Drake é, certamente, uma das mais icônicas dos games. O quarto título da série coloca o protagonista em conflito com sua esposa, para ajudar o irmão fugitivo e seguir novamente atrás de relíquias escondidas no melhor estilo Indiana Jones.

Contudo, por não trazer tanta inovação assim e manter o sistema linear de fases, o game não foi tão bem recebido como os anteriores. Ainda assim, é uma excelente pedida para os jogadores de PlayStation 4.

6. Final Fantasy 7 Remake

Um leitor mais desavisado pode questionar: “valem remakes?”. Pois bem, no caso de Final Fantasy 7 Remake, esta regra pode ser quebrada, pois, simplesmente, o jogo não é só uma recriação do clássico. Quem jogou até o fim, sabe que estamos falando de algo completamente diferente.

A Square traz novamente a história de Tifa, Cloud e Barret com muito mais profundidade, adicionando um novo caminho ao já aclamado título do PlayStation 1. O que Final Fantasy 7 Remake faz com toda a história do original, adicionando novas batalhas e enredos, permite colocá-lo tranquilamente no hall dos dez melhores games para o console.

5. Bloodborne

Bloodborne é considerado por muitos a obra-prima do gênero conhecido como souslike. Aqui, a FromSoftware pega os elementos da franquia Dark Souls e, colocar em um jogo mais dinâmico e de movimentação.

Com uma narrativa profunda que se descobre andando pelo mapa, ele é uma excelência também em design de mapas, personagens e gráficos para seus diferentes ambientes. Mesmo com o lançamento de Sekiro: Shadows Die Twice, Bloodborne ainda figura em primeiro lugar no coração de quem gosta do gênero.

4. Horizon: Zero Dawn

A indústria de games mostra que investir em continuações é uma estratégia mais segura para garantir o sucesso de um lançamento. Contudo, Horizon: Zero Dawn mostrou que um bom jogo pode ganhar seu próprio espaço e transformar-se em um título essencial já logo na estreia da franquia.

A narrativa coloca o jogador na pele de Aloy, uma jovem que vive o ostracismo de seu povo, em um mundo dominado por máquinas. O game ganhou projeção por introduzir diferentes estratégias de caça aos animais-robôs, em um vasto e profundo mundo aberto. Tudo isso, acompanhado de um diferente e curioso universo que mistura homem, máquina e nossa relação com o passado.

3. Marvel’s Spider-Man

A história dos games de super-heróis mostra que são raros os títulos que merecem destaque. Isso porque a maioria dos jogos são feitos a toque de caixa para acompanhar um lançamento no cinema ou TV, sem receber o devido tempo de tratamento.

Felizmente, Spider-Man do PlayStation 4 é o oposto disso. O jogo ganhou o público ao colocar um Peter Parker anos à frente da morte de Tio Ben (afinal, todos sabemos como ele morreu). Isso ainda misturado um veloz sistema de movimentação e um esquema de batalha inspirado na (também excelente) série Batman: Arkham.

Não à-toa, a DLC com Miles Morales está sendo usada como grande jogo de lançamento para o PlayStation 5.

2. The Last of Us: Part 2

Sem dúvida, este é só não um dos maiores títulos para console, como também deve ter espaço garantido nas listas de melhores jogos da geração. The Last of Us 2 inova em vários aspectos, mas o maior deles é conseguir criar uma inteligência artificial para os inimigos que realmente é responsiva às ações do jogador.

Ainda, faz um importante papel em dar protagonismo para personagens LGBT, necessário para os dias de hoje. Por fim, The Last of Us: Part 2 merece um grande mérito em ter conseguido melhorar o que já era excelente em The Last of Us: Part 1, um desafio por si só, já difícil de alcançar.

1. God of War

A lista de fecha com a obra-prima do PlayStation 4. É impressionante como a Santa Monica conseguiu repensar o que é God of War em 2020 e transformar o personagem que era violento sem explicação, em um profundo pai arrependido de seu passado.

A beleza de God of War está na relação de Kratos com seu filho e na obrigação de diálogo entre os dois diante da morte da mãe, logo no início. Soma-se a isso ainda um game que trabalha inteiro como se fosse um plano sequência, misturando suas cenas cinemáticas com as batalhas.

Por isso, God of War é o nosso escolhido para o primeiro lugar.

Vale lembrar que esta é apenas uma lista com a opinião do Canaltech sobre os melhores títulos do console. Deixe nos comentários a sua lista com os melhores jogos para você.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.