Mulher dá tiros com arma de chumbinho em jogadores de Pokémon GO

Por Redação | 25.07.2016 às 23:05

Enquanto milhões de pessoas estão empolgadas com Pokémon GO, parece que muitas outras estão bastante insatisfeitas com toda a repercussão que o jogo de realidade aumentada está gerando ao redor do mundo nas últimas semanas.

Um dos casos aconteceu no último sábado (23) no Canadá, onde Patricia Champagne, de 29 anos, foi acusada de ter atirado em jogadores que caçavam as criaturas em uma das ruas de seu bairro. De acordo com as informações da polícia canadense, testemunhas viram a mulher atirar, pelo menos, quatro vezes com uma arma de chumbinho do telhado de um edifício de dois andares. Felizmente ela errou todos os disparos e nenhum dos jogadores ficou ferido.

Um porta-voz disse que parte da região tem sido utilizada como ponto de encontro para os gamers, que se reúnem para desafiar uns aos outros. Como as reuniões têm atraído grande número de pessoas, muitos moradores do bairro estão preocupados com a movimentação. Ainda não se sabe os motivos da atiradora para a ação, mas segundo as autoridades, "não há nada que sugira problemas de saúde mental".

Após receber a ligação de denúncia, a polícia invadiu o apartamento da acusada, que foi levada sob custódia. Champagne foi ainda processada por agressão armada e por posse de arma para propósito perigoso, o que pode lhe render até 10 anos de prisão.

Fonte: The Guardian