Microsoft abrirá beta do streaming de games Project xCloud em outubro

Por Claudio Yuge | 24 de Setembro de 2019 às 21h10
Microsoft
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

O streaming de games de última geração está chegando para o público mais amplo, especialmente depois do anúncio do Google Stadia, e agora a Microsoft também se agiliza para levar seu Project xCloud para a próxima fase. A companhia anunciou que o beta público será aberto já no próximo mês, nos Estados Unidos, Reino Unido e Coreia do Sul.

Esse experimento terá vários títulos do Xbox e poderá ser jogado em telefones e tablets, que poderão receber a jogatina de Halo 5: Guardians, Gears of Wars 5, Killer Instinct ou Sea of ​​Thieves. Todos são gratuitos para uso no xCloud durante a duração da avaliação, que vai levar em consideração, principalmente, o desempenho sem engasgos — e nas mais diversas circunstâncias.

(Imagem: Divulgação/Microsoft)

“É hora de testar o Project xCloud em uma capacidade mais ampla, com uma variedade de jogadores, dispositivos, ambientes de rede e cenários de casos de uso do mundo real. E é aqui que você entra. No Xbox, priorizamos o envolvimento de todos vocês para ajudar no processo de criação", diz Kareem Choudry, chefe do projeto, em um post no blog do console.

Qual o requisito de telefone/tablet para participar?

O registro de teste público do Project xCloud está aberto, mas, como dito antes, somente para quem está nos Estados Unidos, Reino Unido e Coreia do Sul. Para as duas primeiras localidades, é preciso se cadastrar em um único site — já os asiáticos têm uma página separada. A Microsoft vai distribuir as entradas aos poucos, com um pequeno grupo primeiro e os seguintes ao longo das semanas.

Para participar, é necessário ter dispositivos móveis com Android 6.0 ou superior e Bluetooth 4.0, além de uma conta Microsoft e um controle Xbox One compatível com Bluetooth. É preciso ter também o app Microsoft Game Streaming, que em breve chega à Google Play. Qualquer um poderá baixar esse utilitário, mas só poderá acessar quem possuir convite.

Fonte: Venture Beat, Microsoft  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.