Primeira mulher a competir na LCS, Remilia morre aos 24 anos

Por Rafael Arbulu | 30 de Dezembro de 2019 às 15h35
(Foto: Divulgação/Riot Games)

Maria “Remilia” Creveling, jogadora profissional de League of Legends e a primeira mulher a competir no LCS (League of Legends Championship Series), morreu no último dia 27, enquanto dormia, segundo informam amigos e seu namorado. Pessoas próximas à ela não apontaram a causa da morte. Ela tinha 24 anos.

De acordo com a ESPN, a morte da jogadora foi confirmada pelo amigo e repórter de eSports Richard Lewis em seu perfil no Twitter. Lewis e Remilia dividiam um apartamento. Posteriormente, seu namorado, “No Arm” Whatley, compartilhou seus pensamentos pela rede social, dizendo que apesar de seu status icônico no cenário de eSports, ela nunca buscou fama e preferia uma vida mais reservada.

"É com grande pesar que eu lhes informo que minha melhor amiga, Maria Creveling, faleceu durante o sono ontem. A sua ausência deixará um vazio que jamais será preenchido"

"Minha namorada Maria morreu ontem. Ela não gostaria que nenhum comunicado público muito longo fosse divulgado, então direi apenas que estes quatro meses em que estive com ela foram os melhores para ambas as nossas vidas e, ainda que ela merecesse muito mais, foi um privilégio tê-la conhecido por tão pouco tempo. Descanse em paz, Maria. Eu te amo"

(Foto: Divulgação/Riot Games)

Foi em 2015 que seu nome entrou para a história ao competir, pela equipe Renegades, na LCS daquele ano, após passar pela fase classificatória e competir nas disputas principais.

Remilia, uma mulher transgênero, competiu durante um mês na Renegades, deixando o time após receber críticas e assédio relacionados à sua aparência. Ela chegou a tirar um período sabático do cenário competitivo, mas retornou pouco tempo depois como suporte para equipes da América Latina, mais notavelmente a Kaos Latingamers. Além disso, ela também atuava como reserva para a equipe FlyQuest, pela LCS e no cenário americano pelo time Sector7. Além disso, Remilia também se apresentava ao vivo na Twitch e mantinha canais em diversas redes sociais.

Amigos próximos pediram que, se fãs e ex-companheiros de equipe decidissem prestar alguma homenagem, que as enviassem a eles antes para se certificarem deque estariam todas de acordo com o que Remilia gostaria.

Fonte: ESPN

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.