Seleção Brasileira conta com equipe anti-drone para monitorar treinamento

Por Patrícia Gnipper | 13 de Junho de 2018 às 16h24

Treinando em Sochi às vésperas do início da Copa do Mundo, a Seleção Brasileira está contando com os binóculos de pelo menos três pessoas, autorizadas pela Fifa, que, posicionadas no terraço do prédio vizinho, monitoram o treino da equipe.

O pessoal usa, além de binóculos, rádios comunicadores para fazer a vigilância, como parte da comissão técnica de Tite. A CBF explicou que a equipe foi oferecida pela própria Fifa a todas as Seleções, com o objetivo de evitar que adversários espionem uns aos outros em seus treinos fechados.

A equipe inclusive tem autorização para abater todo e qualquer drone que porventura sobrevoe os campos de treinamento, usando um equipamento bloqueador de frequências, que impede que o drone sobrevoe o local.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O tal prédio vizinho onde os agentes se posicionaram no terraço é, na verdade, um hotel. Mas a CBF garante que, nos quartos com janelas que dão para o campo de treinamento, somente atletas bancados pelo Comitê Olímpico Russo podem se hospedar. Contudo, nenhum treino pode ser filmado pelos hóspedes.

O primeiro jogo da Seleção Brasileira na Copa de 2018 acontece no domingo (17) em Rostov, contra a Suíça.

Fonte: Globo Esporte

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.