Software permite espionagem de PCs e webcams em tempo real

Por Redação | 20.08.2013 às 12:12 - atualizado em 04.08.2015 às 16:28

Um dos assuntos mais comentados do momento é a espionagem do governo norte-americano e a segurança das nossas comunicações online. Mas você sabia que não é preciso trabalhar na Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) para espionar as pessoas facilmente?

Tudo o que uma pessoa precisa é de US$ 79 (cerca de R$ 180) para comprar um software chamado SniperSpy, que pode ser instalado remotamente em computadores, sem a necessidade de acesso físico à máquina em questão. O software oferece ainda acesso discreto à webcam e gravação do áudio capturado pelo microfone, assim também é possível ouvir e ver o que acontece ao redor do ambiente onde o computador monitorado está.

O software, de acordo com um comunicado de imprensa, fica completamente escondido da visão do usuário em PCs e Macs. E, uma vez instalado, o sistema começa a manter registros de todas as ações realizadas. O "espião" pode realizar o login em uma conta segura a partir de qualquer navegador web para monitorar as atividades e ver a tela atual do computador monitorado como se fosse uma televisão.

SniperSpy

Tela de monitoramento do SniperSpy (Imagem: Divulgação)

Apenas para crianças e funcionários

O produto é comercializado com a intenção de monitorar as atividades de filhos e empregados, e os termos e condições de uso são claros ao dizer que "o software de monitoramento é 100% legal, desde que o computador que o instale seja seu". E o texto segue dizendo: "Nós não perdoamos, promovemos ou toleramos o uso do nosso software para fins ilegais".

Porém, em outra parte do site de apresentação do SniperSpy, a empresa explica que "o módulo [de vigilância] pode ser enviado para um computador remoto como um anexo de e-mail. Você pode até mudar o nome do módulo caso queira ocultar o fato de que trata-se de um programa de acompanhamento remoto do usuário".

Isso nos mostra que, enquanto o mau uso do software vai contra sua política de uso, suas descrições mostram que não existem obstáculos técnicos que impedem que pessoas abusem do software. Isso levanta a questão: por que instalar o software secretamente em computadores que são seus e são utilizados apenas por seus filhos e funcionários?

Espionar pode não ser uma boa ideia – mesmo que sejam seus próprios filhos

O SniperSpy está longe de ser a única empresa a vender um software de espionagem projetado para ajudar os pais a monitorar seus filhos e até mesmo as atividades de seus empregados. Mas, enquanto alguns produtos deixam automaticamente claro para as pessoas que elas estão sendo monitoradas, outros – como o SniperSpy – operam de maneira "secreta" e completamente remota.

Deixando de lado as questões jurídicas que podem estar envolvidas nesses casos, Larry Magid, da Forbes, levanta uma questão importante acerca do monitoramento sem o conhecimento (e muito menos consentimento) do "alvo". Acessar a webcam e obter imagens de uma pessoa sem que ela saiba, mesmo que seja uma questão de preocupação com o bem estar dos filhos, não é legal.

Para começar, há uma questão de confiança. Mesmo se você instalar o software sem que os seus filhos ou empregados saibam, e encontrar alguma atitude que considere imprópria, certamente você vai querer confrontá-los. Mas, em vez de a conversa ser sobre algo que você acha que eles fizeram de errado, eles logo vão questionar o motivo de sua espionagem secreta.

Mas se você achar que vive uma situação em que realmente é necessário um monitoramento, tente primeiro ter uma conversa explicando por que você está fazendo isso, quais informações serão coletadas e o que você pretende fazer com essas informações. Também é de extrema importância verificar a legislação local para determinar se o monitoramento sem a permissão da pessoa é legal em determinada circunstância.

É claro, estamos cansados de ver imagens de maus tratos, por exemplo, gravadas sem o conhecimento do agressor – e o motivo é óbvio. Mas, esse é um caso extremo, onde geralmente existe uma desconfiança motivada por comportamentos estranhos dos filhos e coisas do gênero.

Mas, antes de instalar um software como o SniperSpy, é necessário pensar se você precisa realmente coletar tanta informação. E mesmo se você suspeitar que a pessoa monitorada está fazendo algo errado, é preciso pensar se é certo monitorar tudo o que ela faz, incluindo conversas pessoais com amigos e familiares.