Julian Assange teve esposa e dois filhos durante asilo em Londres

Por Wagner Wakka | 13 de Abril de 2020 às 11h17
Tudo sobre

Julian Assange

Saiba tudo sobre Julian Assange

Julian Assange, o fundador do WikiLeaks, teve uma esposa e dois filhos descobertos pelo jornal britânico Daily Mail. Em entrevista ao veículo, Stella Morris disse que tem um relacionamento com o ativista desde 2015 e que ambos ainda pretendem se casar.

Em entrevista publicada pelas próprias redes sociais do WikiLeaks, Morris confirmou as informações do jornal britânico. A relação dos dois começou quando ela o visitou na embaixada do Equador em Londres, onde ele ficou em asilo por sete anos.

O casal teve dois filhos, um chamado Gabriel, de dois anos, e outro Max, com apenas um. O menino mais velho chegou a conhecer Assange ainda na embaixada, quando visitou o pai escondido no prédio. Depois da prisão, ambas crianças já foram visitar Assange.

Em publicação no Twitter, Morris explica que revelou o relacionamento e os filhos pois acredita que isso pode ajudar no caso de Assange. Atualmente, ele está preso em Belmarsh, no Reino Unido. O país deve analisar o pedido de extradição do ativista para os Estados Unidos em 18 de maio.

Leia mais: Extradição de Julian Assange para os EUA será decidida em 2020

A esposa de Assange disse temer pela vida do marido e diz que o relacionamento pode ser um ato de resistência. "Apaixonar-se, em um contexto em que todos tentam destruir sua vida, foi uma espécie de ato de rebelião", comentou.

A defesa de Assange tentou pedir a liberação do ativista da prisão alegando que ele corria riscos de contrair a COVID-19 na penitenciária. Contudo, a justiça local negou o pedido, argumentando que Assange poderia usar a liberdade para fugir novamente.

Leia mais: Julian Assange pede liberdade por risco da COVID-19, mas justiça nega

“[Morris], mãe de dois filhos, pede ao governo do Reino Unido para libertá-lo e a outros prisioneiros, pois o coronavírus está causando estragos nas prisões”, publicou a conta oficial do Wikileaks.

Assange foi acusado pelo vazamento de informações do Pentágono, além de espionagem em outros 17 casos pelo governo norte-americano. Como figura obtusa, suas ações são consideradas por uns como uma violação à segurança pública, mas, por outros, como ativista defensor da liberdade de informação.

Fonte: AFP, WikiLeaks (Twitter)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.