Traje da NASA criado para levar astronautas à Lua será testado no espaço em 2023

Por Daniele Cavalcante | 25 de Setembro de 2019 às 17h00
NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Se a NASA pretende enviar astronautas de volta à Lua em 2024, precisará de novos trajes espaciais com muitas melhorias em relação aos que foram utilizados durante as missões Apollo. E para se certificar de que os novos trajes funcionarão adequadamente, eles serão testados na Estação Espacial Internacional (ISS) em 2023, de acordo com o engenheiro responsável pelo programa Artemis.

O atual projeto de traje espacial da agência é o Extravehicular Mobility Unit (EMU). Ele foi projetado para caminhadas espaciais flutuantes (também conhecidas como atividades extra-veiculares ou EVAs), e não serve para, por exemplo, para escalar uma superfície lunar e rochosa. Por isso, o Advanced Space Suit Project, desenvolvido pela própria NASA, é uma das várias empreitadas da agência nos últimos anos para criar trajes espaciais que possam manter os astronautas no espaço profundo.

Em 2016, o projeto concentrou seus esforços em uma nova geração de traje EVA, agora conhecida como xEMU. A agência ainda mantém seu cronograma de colocar o xEMU em testes na órbita terrestre em 2023. "Nós fizemos muito progresso e iteramos nesse projeto, então agora temos um sistema muito maduro no geral", disse Lindsay Aitchison, engenheira espacial da NASA.

Imagem: NASA

O xEMU passou recentemente por uma revisão preliminar de design, que é um importante estágio de desenvolvimento. O próximo passo é o teste de desenvolvimento do design, seguido pelo teste de uma versão completa do traje, a bordo da ISS, o que deverá ocorrer em 2023. Se o traje espacial passar com sucesso por esses testes orbitais, poderá então ser usado pelos astronautas na superfície lunar em 2024.

Companhias privadas também estão na corrida para desenvolver e oferecer os melhores trajes espaciais para as missões que levarão humanos à Lua e a Marte a partir de meados da próxima década. Uma dessas empresas é a Collins Aerospace, que revelou recentemente o Next Generation Space Suit com a intenção de fornecê-lo à NASA para as missões do programa Artemis. Outra empresa é a ILC Dover, fabricante dos trajes espaciais que levaram o Homem à Lua em 1969. Ela lançou recentemente sua primeira linha de trajes comerciais, com os modelos Astro e Sol. Caso o projeto de traje da NASA não vingue, a agência poderá recorrer a uma dessas companhias.

Fonte: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.