Rover Curiosity registra dois eclipses solares em Marte

Por Patrícia Gnipper | 04 de Abril de 2019 às 20h40
NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

A NASA, muito esperta, instalou no rover Curiosity "óculos" especiais para que o robô tambem pudesse observar (e filmar) eclipses em Marte. Então, com os filtros solares devidamente posicionados na câmera Mastcam, o Curiosity pode "olhar" diretamente para o Sol sem ser danificado — e agora, o robô divulgou o registro de dois eclipses solares, quando as luas Fobos e Deimos passaram em frente ao astro.

Fobos (ou Phobos) tem cerca de 11 quilômetros de extensão e passou em frente ao Sol, sob o ponto de vista do Curiosity, no dia 26 de março deste ano, enquanto a pequenina Deimos, com apenas 2,3 km de diâmetro, fez essa mesma passagem no dia 17 de março.

Pelo fato de Fobos não cobrir completamente o Sol (como acontece aqui na Terra quando a Lua passa em frente à estrela), o fenômeno é considerado como um eclipse anular, enquanto a passagem de Deimos, muito menor, é chamada oficialmente de trânsito.

O robô já avistou eclipses marcianos anteriormente, várias vezes, na verdade, mas novas imagens do fenômeno são sempre bem-vindas tanto pela população geral, que fica admirada com tudo o que está relacionado ao universo, quanto para a ciência, pois com cada vez mais dados e imagens em mãos, é possível compreender ainda melhor a dinâmica do Sistema Solar. Até o momento, os robôs Spirit, Opportunity e Curiosity registraram oito eclipses envolvendo a lua Deimos, e já observaram cerca de 40 passagens de Fobos em frente ao Sol.

Além disso, a câmera de navegação Navcam do Curiosity observou a sombra de Fobos no dia 25 de março, quando a passagem da lua sobre o veículo durante o pôr do Sol fez com que a recepção de luz ficasse escurecida momentaneamente.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.