NASA revela oficialmente novos trajes espaciais para viagens a outros mundos

Por Daniele Cavalcante | 16 de Outubro de 2019 às 19h49
Andrew Caballero-reynolds/Afp
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Em uma conferência realizada em sua sede nesta terça-feira (15), a NASA apresentou oficialmente seus novos trajes espaciais, sobre os quais a agência revelou alguns detalhes anteriormente. Eles serão utilizados durante as missões do programa Artemis, que levará astronautas de volta à Lua a partir de 2024.

Além de possibilitar maior mobilidade na superfície lunar em relação aos trajes utilizados nas missões Apollo, o novo design permite que pessoas dos mais diversos tipos físicos possam usá-lo. Isso é importante pois possibilita que mulheres participem de missões espaciais, sem a necessidade de confeccionar novas unidades - e o programa Artemis já é conhecido por seu plano de enviar a primeira mulher à Lua.

Foto: Andrew Caballero-reynolds/Afp

Dois modelos foram apresentados pela NASA. O primeiro deles, em um tecido laranja brilhante, é o Orion Suit. Ele será usado pelos astronautas durante o tempo em que estiverem dentro da cápsula Orion, a espaçonave que a agência espacial está desenvolvendo para as próximas viagens espaciais. Esse traje fornecerá proteção e oxigênio em caso de algum acidente deixe a cápsula despressurizada.

O Orion Suit é uma melhoria “da cabeça aos pés” do traje de sobrevivência usado nas missões dos ônibus espaciais. Vários novos recursos no capacete permitem maior conforto por ser mais leve, mais resistente, tem mais de um tamanho e ajuda a reduzir o ruído. Além disso, é mais fácil de conectar ao sistema de comunicações para conversar com outros membros da tripulação e controle da missão.

Já o outro traje, com formas geométricas nas cores vermelho, branco e azul, é o Exploration Extravehicular Mobility Unit, ou simplesmente xEMU. Trata-se de uma versão bem aprimorada do EMU, o traje que os astronautas NASA utilizam atualmente na Estação Espacial Internacional. Essa é a roupa que eles vão usar ao pisar e andar pela superfície da Lua.

Foto: Andrew Caballero-reynolds/Afp

Para mostrar que o xEMU pode ser utilizado também por mulheres sem a necessidade de nenhuma modificação, Kristine Davis, que trabalha na equipe de engenharia dos trajes espaciais da agência, fez a demonstração ao lado da colega Amy Ross. Ao se mover dentro do xEMU, Davis também mostrou os movimentos das articulações, comprovando que os astronautas ganharão muito mais mobilidade no espaço. Jim Bridenstine, administrador da NASA, lembrou ao público que nas primeiras visitas à Lua, era necessário caminhar aos pulinhos, e disse que os próximos astronautas seriam mais capazes de dar passos.

Um dos detalhes curiosos sobre o xEMU é que seu design é bastante tradicional. Enquanto empresas como a SpaceX e Boeing apresentaram propostas de trajes com visual bem mais futurista, a NASA preferiu que cada equipamento do xEMU tivesse certas semelhanças com seus predecessores.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.