NASA enviará nova sonda para estudar Marte no dia 5 de maio

Por Patrícia Gnipper | 26 de Abril de 2018 às 15h40
photo_camera NASA
TUDO SOBRE

NASA

Uma nova sonda será enviada pela NASA para estudar o Planeta Vermelho de pertinho. Agora é a vez da missão InSight começar, com lançamento previsto para o próximo dia 5 de maio. Marte é um dos objetos espaciais que recebem mais atenção da humanidade, não somente por ser o nosso vizinho no Sistema Solar, mas, principalmente, por ter mexido tanto com o imaginário popular desde sua descoberta. Além disso, ainda não foi batido o martelo de que não há nenhum tipo de vida microbiana por lá, e muitos acreditam que o planeta já foi habitável em seu passado distante.

A missão InSight foi planejada para que seja possível estudar a superfície marciana com ainda mais afinco, já que a tecnologia espacial avançou a passos largos nos últimos anos. Sendo assim, a nova sonda será capaz de fazer análises e descobertas que os rovers Curiosity e Opportunity não têm a capacidade de fazer.

Entre os estudos que a InSight fará por lá, está analisar o fenômeno chamado de "Marsquakes" – equipada com um sismômetro, a sonda medirá a intensidade de "chacoalhões" que acontecem nas rochas marcianas, algo similar aos terremotos da Terra (por isso o nome "Marsquake", juntando o nome do planeta Mars, em inglês, com a palavra "earthquake", que significa "terremoto").

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Concepção artística da InSight em Marte (Imagem: NASA)

A ideia é descobrir se esses movimentos rochosos são causados por meteoritos atingindo a superfície do planeta, ou se são, de fato, algo equivalente aos terremotos. A NASA espera acompanhar de 12 a 200 "Marsquakes" no período de dois anos em que a missão acontecerá. Ainda, "a InSight é como uma máquina do tempo científica que nos trará informações sobre os estágios iniciais da formação de Marte, há 4,5 bilhões de anos, nos ajudando a entender como as objetos rochosos se formam, incluindo a Terra e a Lua", explica Bruce Banerdt, do Jet Propulsion Laboratory.

A InSight levará 206 dias para completar a viagem de milhares de quilômetros até Marte, sendo que o pouso no terreno marciano deve acontecer no dia 26 de novembro. Lá, a nave ficará parada para conseguir medir a atividade tectônica do planeta, enquanto os rovers Curiosity e Opportunity seguem caminhando pelo solo marciano em suas missões exploratórias.

Vale ressaltar que a NASA tem planos de enviar a primeira missão tripulada para Marte por volta de 2030, com os astronautas da missão se tornando os primeiros colonizadores humanos do Planeta Vermelho, em uma viagem só de ida que ficará na história da humanidade. Para que isso seja possível, a agência espacial vem conduzindo uma imensidão de estudos e desenvolvendo tecnologias que tornem esse projeto audacioso em uma missão bem sucedida. E a InSight faz parte desse plano.

Fonte: NASA, TechRadar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.