Meteoro explode no céu da Groenlândia, mas nada foi divulgado oficialmente

Por Patrícia Gnipper | 06 de Agosto de 2018 às 20h00

No mês passado, um meteoro atingiu a Terra e ninguém ficou sabendo. Especificamente na base área de Thule, na Groenlândia (base da Força Aérea dos Estados Unidos), o objeto explodiu no céu com 2,1 quilotoneladas de força — equivalente a mais de 2 mil toneladas de dinamite. Acontece que nada foi divulgado oficialmente até então pelo governo dos EUA.

Hans Kristensen, cientista diretor do Projeto de Informações Nucleares da Federação de Cientistas Americanos, soltou a bomba em seu Twitter, contando que "um meteoro explodiu a 43 km acima do radar de alerta de mísseis na Base Aérea de Thule".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ele acrescentou, ainda, que, apesar de existirem quase duas mil armas nucleares em alerta, prontas para serem lançadas, a conclusão é de que a explosão foi mesmo de um meteoro, e não de um ataque russo, por exemplo.

Contudo, fica a preocupação quanto aos motivos pelos quais a Força Aérea dos EUA não divulgou um relatório oficial sobre o incidente, ainda que tenham confirmado que não houve impactos na base. Para Kristensen, "se o meteoro tivesse entrado em um ângulo mais perpendicular, teria atingido a Terra com uma força significativamente maior".

Até então, a NASA também não falou nada sobre o incidente em questão. A agência espacial tem programas de monitoramento de asteroides e meteoros que possam se chocar contra a Terra, mas ainda não se sabe se a agência teria conhecimento deste objeto que atingiu a Groenlândia em julho, ou se sua chegada foi uma surpresa.

Fonte: IFL Science, Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.