“Mad” Mike Hughes morre em foguete caseiro tentando provar que a Terra é plana

Por Claudio Yuge | 24 de Fevereiro de 2020 às 10h25
AP

“Mad” Mike Hughes, motorista de limusine e piloto de foguetes caseiros, acreditava que a Terra seria plana e estava disposto a enfrentar até as últimas consequências para provar que estava certo. E foi exatamente o que aconteceu no sábado (22), embora não tenha conseguido realizar sua missão. Seu veículo aéreo caiu um pouco depois da decolagem, perto de Barstow, na Califórnia, causando sua morte.

O acidente fatal aconteceu quando ele usava seu foguete a vapor durante as gravações de uma nova série de TV chamada Homemade Astronauts, do US Science Channel. Um vídeo, postado por uma testemunha no Twitter, mostra o paraquedas sendo acionado imediatamente após o lançamento, deixando o tripulante sem proteção no caso de algum problema — e foi o que aconteceu, antes do choque no solo em uma área do deserto.

Veja abaixo, mas cuidado, pois as imagens podem chocar:

Hughes queria alcançar 1.524 metros e, com o suporte terrestre do parceiro Waldo Stakes, era uma das três duplas que tentavam alcançar a linha de Karman, que, a 100 quilômetros da superfície da Terra, é considerada por alguns como o início do ambiente espacial.

O piloto recebeu patrocínio de várias marcas e, com a ajuda de seus assistentes, construiu o foguete em seu quintal, a um custo de cerca de US$ 18 mil. O veículo usa vapor por meio de um bico de propulsão. Em um comunicado, a emissora lamentou sua morte: “Nossos pensamentos e orações são transmitidos a sua família e amigos durante esse período difícil. Sempre foi o sonho dele fazer este lançamento e o Science Channel estava lá para narrar sua jornada”.

Fonte: The Independent  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.