Google adia de novo competição que premiará empresa que chegar primeiro à Lua

Por Redação | 23 de Agosto de 2017 às 19h09

Sim, o homem pisou na Lua em 1969 com a missão Apollo 11, da NASA, mas, até os dias atuais, nenhuma empresa privada conseguiu realizar o feito de enviar uma nave, mesmo que não tripulada, ao nosso satélite natural. Para incentivar a corrida espacial entre as empresas privadas do mundo, o Google anunciou o Google Lunar X Prize, que premiará em US$ 30 milhões a primeira empresa que repetir o feito da NASA. Mas o projeto foi adiado pela terceira vez.

Anunciado no ano de 2007 com prazo para 2012, o último deadline era o final de 2017, mas agora a gigante determinou o novo prazo para março de 2018. A nave enviada por uma empresa privada a pousar na Lua deverá percorrer um trajeto de pelo menos 500 metros no solo lunar, enviando para a Terra imagens e vídeos em alta definição comprovando o feito.

Já para quem conseguir enviar uma nave à órbita da Lua, o prêmio será de US$ 1,75 milhão, mesmo que a tentativa de pouso não seja bem sucedida, e qualquer nave participante da competição que conseguir fazer o pouso ganhará US$ 3 milhões.

Em dezembro de 2010, 33 equipes já haviam feito sua inscrição para concorrer aos prêmios do Google Lunar X Prize, e desembolsaram até 30 mil dólares na candidatura. Atualmente, ainda não se sabe quantas empresas seguem interessadas no programa, tampouco os motivos pelos quais o Google decidiu adiar, mais uma vez, a realização da competição.

Fonte: New Scientist

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.