Este asteroide esteve mais perto da Terra do que a Lua — e você nem percebeu

Este asteroide esteve mais perto da Terra do que a Lua — e você nem percebeu

Por Daniele Cavalcante | Editado por Patrícia Gnipper | 18 de Outubro de 2021 às 17h15
ESA/ATG Medialab

Um asteroide passou pela órbita da Terra no último domingo (17) e esteve um pouco mais próximo que a maior parte das rochas espaciais que se aproximam do nosso planeta. Geralmente, elas permanecem mais distantes que a Lua, mas o asteroide 2021 TG14 passou a 250.000 km — nosso satélite natural orbita a Terra a uma distância média de 385.000 km. 

Embora tenha ficado mais próximo de nós do que a Lua, o asteroide estava a uma distância segura, sem preocupar os astrônomos e pesquisadores da NASA. O objeto foi observado pela primeira vez no Pan-STARRS 1, Haleakala, Havaí em 11 de outubro, 7 dias antes de sua aproximação. Ele pertence ao grupo de asteroides Apollo e tem diâmetro estimado entre 5,4 e 12 m.

Longe de ser alguma ameaça, essa aproximação foi uma ótima oportunidade para observar de perto um dos remanescentes do Sistema Solar antigo, já que asteroides são blocos de construção que não acumularam massa o suficiente para começar a formar planetas. Por isso, a NASA publicou todos os parâmetros orbitais do 2021 TG14 para qualquer um que possui telescópio e queira ver o visitante.

De acordo com a Escala de Palermo, método matemático logarítmico para determinar o risco de um asteroide colidir com a Terra, a possibilidade de impacto com o 2021 TG14 era de -7,12, ou seja, não é digno de preocupação. Já na escala de Turim, a chance era zero. Atualmente, não há nenhum asteroide conhecido que esteja em rota certa de colisão com a Terra.

Fonte: Space.comNASAThe Watchers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.