Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Destaque da NASA: Constelação de Órion está na foto astronômica do dia

Por| Editado por Patricia Gnipper | 16 de Janeiro de 2024 às 22h59

Link copiado!

Michele Guzzini
Michele Guzzini

A constelação de Órion é o destaque na foto selecionada para o Astronomy Picture of the Day (APOD), da NASA. A imagem captura toda a riqueza de cores e nebulosidades de uma das regiões mais conhecidas do céu noturno.

Para registrar a imagem abaixo, o astrofotógrafo Michele Guzzini usou uma câmera em longa exposição, resultando em uma infinidade de estrelas ao fundo. A gigante vermelha Betelgeuse é a mais brilhanto na parte superior, enquanto a supergigante azul Rigel equilibra — tanto em termos de composição quanto nas cores — o quadro no canto inferior direito. 

As três estrelas do já mencionado cinturão de Órion atravessam a nebulosa central, que é a própria Nebulosa de Órion. Por fim, o Loop de Barnard, a extensa nebulosa em formato de "C" envolve os objetos centrais.

Continua após a publicidade

Sobre a constelação de Órion

Órion é uma região celeste com muitos objetos que chamam a atenção da maioria das pessoas que olham para cima à noite. Provavelmente, é uma das primeiras constelações que as crianças aprendem a identificar: as estrelas que formam as famosas "Três Marias" é nada menos que o cinturão de Órion, o Caçador.

Além disso, a nebulosa de Órion é facilmente encontrada a olho nu, ao menos em regiões livres de poluição luminosa, ou com um simples par de binóculos. Por isso, esse é um dos primeiros alvos da maioria dos iniciantes em astronomia e astrofotografia amadora (depois da Lua, é claro).

Localizada a 1.500 anos-luz de distância, essa nebulosa é uma das regiões de formação de estrelas mais próximas de nós, mas nessa mesma região há também a Nebulosa Cabeça de Cavalo e a Nebulosa da Chama, além de muitas outras nuvens de gás e poeira. 

Fonte: APOD