Astronautas recebem vinho na ISS, mas não podem beber nem um golinho

Por Daniele Cavalcante | 07 de Novembro de 2019 às 09h19
Aveine
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Os astronautas da Estação Espacial Internacional (ISS) trabalham duro, realizam experimentos científicos complexos e vivem sob condições rígidas. Durante o tempo de folga, um pouco de vinho para relaxar seria muito bem vindo, tal qual muita gente faz aqui na Terra quando chega em casa após um longo dia de trabalho, e degusta uma taça de um bom vinho. E algumas garrafas da bebida de fato foram entregues à ISS — mas, infelizmente para os tripulantes, a bebida não é para consumo. Contudo, é pelo bem da ciência.

Uma startup francesa chamada Space Cargo enviou uma dúzia de garrafas de vinho para a ISS para que seja feita mais uma experiência em microgravidade. O objetivo é descobrir se os microorganismos que influenciam no sabor da bebida envelhecem no espaço da mesma forma que na Terra.

Philippe Darriet, consultor científico da missão e diretor do Instituto de Pesquisa de Vinhos da Universidade de Bordeaux, acredita que "manter essas amostras por um tempo na estação, dentro de um ambiente de microgravidade e micro radiação, terá algum impacto sobre essas bactérias". Isso poderá poderá resultar em tipos totalmente novos de vinho com sabores únicos, o que traria resultado positivo para a indústria do vinho.

Em missões futuras, a Space Cargo pretende também levar videiras para cultivar no espaço para descobrir se é possível encontrar novas técnicas de produção de vinho que torne as plantações mais resistentes a parasitas e mudanças climáticas. O vinho da Space Cargo passará aproximadamente um ano no espaço antes de ser enviado de volta à Terra e, quando retornar, os pesquisadores estudarão o líquido para saber o quanto a viagem ao espaço alterou seu sabor.

Bebidas no espaço

(Imagem: Dhawal Bhanushali/Mashable India)

Consumir bebidas alcoólicas a bordo de uma missão espacial não é algo permitido pela NASA e outras agências espaciais, e o primeiro motivo é bastante óbvio: astronautas embriagados em uma espaçonave é algo potencialmente perigoso. Mas há outra razão para essa restrição: é que algumas gotas da bebida podem flutuar e se espalhar por causa da microgravidade. Por essa mesma razão, a NASA não permite comer pães na ISS, pois ele podem espalhar migalhas flutuantes.

Como explica Daniel G. Huot, porta-voz do Johnson Space Center da NASA, "o uso de álcool e outros compostos voláteis é controlado na ISS devido aos impactos que podem ter no sistema de recuperação de água da estação". Por isso, os astronautas não podem nem mesmo usar enxaguante bucal, perfume ou loção pós-barba que contenham álcool.

Fonte: NASA, Quartz

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.