Soulseek ainda é o melhor lugar para encontrar músicas alternativas e raras

Por Redação

Entre diversos

programas de compartilhamento

de arquivos extintos, como Kazaa, Limewire e Napster, há um sobrevivente que se manteve como uma das melhores fontes de música rara e alternativa. Trata-se do

Soulseek

, criado por Nir Arbel, um dos programadores que trabalhou no desenvolvimento do Napster.

O programa, que já existe há 17 anos, permanece gratuito e abrange músicas alternativas de diversos estilos, incluindo canções raras que ficaram esquecidas no tempo. Claro que também é possível encontrar músicas pop, mas definitivamente este não é o forte do Soulseek. Um dos objetivos dos usuários, que são bastante fiéis, é preservar a cultura e manter músicas antigas e desconhecidas ao alcance de quem deseja conhecer mais do que a mídia divulga.

Outra razão, talvez a principal, para manter o Soulseek vivo é a sua comunidade, extremamente unida, que se relaciona por meio de um chat rudimentar, que lembra o início da internet. As conversas podem ser públicas ou privadas, e o usuário também pode criar seu próprio canal de bate-papo. Diversos usuários do programa relatam a construção de amizades de longa data por meio do Soulseek, que conta com um sistema anárquico de interação, já que não tem moderação no chat.

O sobrevivente nunca foi tão popular quanto os concorrentes. Em seu auge, em 2003, o horário de pico apresentava cerca de 100 mil logins. Se o número for comparado com os usuários do Kazaa, por exemplo, de 60 milhões, pode-se entender o porquê do Soulseek durar tantos anos sem despertar a atenção da RIAA (Recording Industry Association of America).

Fica a dica de download para quem se interessa em conhecer e desfrutar de uma comunidade alternativa aos apps famosos da atualidade.

Fonte: Gizmodo