Marvel pode reavivar séries da Netflix em breve

Por Rafael Arbulu | 04 de Junho de 2020 às 11h17
Netflix
Tudo sobre

Marvel

Saiba tudo sobre Marvel

Ver mais

Se você sente falta das séries da Marvel que eram veiculadas pela Netflix, uma boa notícia traz a possibilidade de seus retornos ainda em 2020: segundo o ScreenRant, as produções de Demolidor, Luke Cage e Punho de Ferro podem voltar às plataformas de streaming ainda em 2020, ao passo que Jessica Jones e Justiceiro retornariam em 2021.

A possibilidade foi levantada em consulta à campanha “Save Daredevil” (“Salve o Demolidor”, na tradução livre), que informou ao site que as cláusulas de contrato entre a Netflix e a Disney (dona da Marvel) regem que a editora de quadrinhos só poderia reutilizar materiais provenientes das produções conjunta entre as empresas dois anos após seus respectivos cancelamentos.

Em outras palavras: Luke Cage, Punho de Ferro e Demolidor, cujas séries foram canceladas, respectivamente, em outubro e novembro de 2018, poderiam retornar nos próximos quatro a seis meses, ainda em 2020. Jessica Jones e Justiceiro, respectivamente cancelados em fevereiro de 2019, teriam potencial de retorno no início de 2021, no mesmo mês.

Note que, a todo momento, estamos dizendo que “teria”, “retornaria”. Isso porque, embora as informações publicadas pelo ScreenRant sejam verídicas, a Marvel/Disney, até agora, não deu qualquer sinal de que pretende reutilizar as séries mencionadas (ou, menos ainda, a série que unia todos os protagonistas: Os Defensores) e, caso queiram fazê-lo, de que forma isso seria conduzido.

Houve um rumor, há alguns meses, de que o Demolidor da Netflix poderia aparecer no próximo filme do Homem-Aranha, mas o ator Charlie Cox, que viveu o Homem Sem Medo na série, derrubou a boataria, dizendo que nunca tinha recebido qualquer comunicação que apontasse para isso e, que se fosse acontecer, não seria com ele. A ideia partia do pressuposto de que há uma conexão entre as séries e os filmes: em um episódio no começo da primeira temporada de Jessica Jones, a personagem menciona os Vingadores em uma discussão sobre as consequências das ações do grupo dos cinemas em seu primeiro filme.

Vale lembrar que, na época, a Disney não contava com os recursos que têm hoje, já que atualmente a empresa faz frente à Netflix no mercado de streaming com a sua própria plataforma, o Disney+. Talvez a empresa decida trazer as séries de volta em seu próprio serviço, ou refazer o elenco e recomeçar tudo do zero, como um reboot?

Só o tempo — e a Disney — é quem poderão responder isso.

Fonte: ScreenRant

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.