Hubble registra uma das imagens mais profundas já vistas do Espaço

Por Redação | 21.07.2016 às 14:35
photo_camera Reprodução/ESA,NASA

O fascínio que o Espaço causa na mente humana está longe de ter um fim, especialmente porque os avanços tecnológicos das últimas décadas finalmente têm nos permitido enxergar mais longe da Terra. E não só enxergar, mas fazer registros daquilo que é visto pelos nossos telescópios mais poderosos, como o Hubble, provavelmente também o mais famoso do gênero no mundo.

A novidade da vez é o registro daquela que deve ser uma das imagens de maior profundidade espacial já feita por algum equipamento terrestre. A paisagem fotografada é um conjunto de galáxias distantes do grupo de galáxias Abell S0163, parte do programa Frontier Fields.

Imagens mais profundas do Espaço

Show de luzes e cores no Espaço. (Foto: Divulgação/ESA,NASA)

O grupo de galáxias em si pode ser visto no centro da fotografia acima, aquele foco de luz meio transparente e de maior destaque. Além do grupo Abell S0163, os astrônomos também puderam identificar 16 outras galáxias ao entono da luz distorcida pelo conjunto de corpos celestes que mal podem ser identificados individualmente. A soma de todos os elementos presentes na fotografia causa uma mistura fascinante de cores e luzes, como se tivesse saído de algum frame de Star Trek ou de Star Wars.

Imagens mais profundas do Espaço

Joias espaciais capturadas pelo Hubble. (Foto: Divulgação/ESA,NASA)

Segundo informa o site oficial do telescópio Hubble, cientistas das agências espaciais dos Estados Unidos (NASA) e da Europa (ESA) puderam identificar também outros três grupos de galáxias que se comportam de maneira semelhante ao Abell S0163, ou seja, que causam esse efeito bonito e curioso quando recebem a luz vinda de outras galáxias. Outros dois grupos parecidos devem ser observados nos próximos anos, também parte do programa Frontier Fields.

Fonte: Hubble Space Telescope