Game of Thrones | Autor conta como um cavalo arruinou cena romântica em piloto

Por Laísa Trojaike | 16 de Setembro de 2020 às 12h09
HBO

A série Game of Thrones foi um tremendo sucesso e conquistou milhares de fãs ao conseguir fazer uma adaptação empolgante dos livros de George R. R. Martin, mas não foi muito fácil tirar as ideias do papel e houve uma tentativa de episódio piloto que fracassou diversas vezes e, infelizmente, nunca veremos.

Muita coisa deu errado no meio do projeto e algumas dos melhores relatos dos bastidores estão em um livro de James Hibberd, editor da Entertainment Weekly, que conta algumas das principais histórias que aconteceram por trás das câmeras. Entre elas, uma que foi relatada pelo próprio Martin, que conta como deu muito errado alguns dos momentos mais importantes dos personagens Khal Drogo e Daenerys (lembrando que no primeiro piloto a personagem era interpretada por Tamzin Merchant e não por Emilia Clarke).

Imagem: HBO

Game of Thrones ficou conhecida, ao longo dos anos, pelas cenas de sexo, mas o que não imaginávamos é que uma dessas cenas, provavelmente a mais importante da primeira temporada, foi arruinada muitas vezes pelos cavalos. A história foi contada por George R. R. Martin:

"Existem algumas histórias. Como presente de casamento, Khal Drogo dá a Daenerys um cavalo prateado e ela sai cavalgando. Por um momento você acha que ela está fugindo. Então ela vira o cavalo e salta o cavalo sobre uma grande fogueira. Drogo está muito impressionado e isso dá início ao relacionamento da melhor maneira. Tentamos filmar essa cena. Tínhamos um cavaleiro dublê de primeira e um cavalo de primeira, uma potranca de prata, mas a potranca não pularia aquela fogueira. Ela chegou perto e então disse 'Tem fogo aí!' e viraria para o outro lado. Tentamos filmar meia dúzia de maneiras diferentes. Então [o diretor Tom McCarthy] vai, 'Apague o fogo e vamos acender o fogo com CGI'. Eles apagaram o fogo e o cavalo ainda não pularia o fogo morto. É um cavalo inteligente. Ele sabe que não está queimando agora, mas estava queimando há pouco tempo! Então eles tiveram que descartar aquela sequência, o que foi lamentável, pois foi um momento de união entre Dany e Khal Drogo".

Imagem: HBO

Terminou? Claro que não. O autor falou de outros momentos em que os cavalos não contribuíram para as filmagens:

"Então veio a filmagem da noite de núpcias. Na versão da Emilia Clarke, é estupro. Não é estupro no meu livro, e não é estupro na cena que filmamos com Tamzin Merchant. É uma sedução. Dany e Drogo não falam a mesma língua. Dany está um pouco assustada, mas também um pouco animada e Drogo está sendo mais atencioso. As únicas palavras que ele conhece são 'sim' ou 'não'. Originalmente, era uma versão bastante fiel.

Então, estamos perto deste pequeno riacho. Eles amarraram os cavalos às árvores e há uma cena de sedução perto do riacho. Jason Momoa e Tamzin estão nus e 'transando'. E de repente o cara do vídeo começa a rir. A potranca de prata não era uma potranca. Era um potro. E estava ficando visivelmente animado ao observar esses dois humanos. Tem este cavalo no fundo com este enorme pênis de cavalo. Então isso também não correu bem".

Esse foi apenas um dos trechos divulgados de "Fire Cannot Kill a Dragon" (“O fogo não pode matar um dragão”, em tradução livre), que ainda não tem previsão de lançamento no Brasil.

Fonte: CBR, EW

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.