Equipe anuncia fim do Vizer, app que disponibilizava filmes e séries de graça

Por Felipe Demartini | 30 de Abril de 2018 às 12h45
photo_camera Vizer TV

O final de semana foi cheio de tristeza para os usuários do Vizer, um serviço brasileiro que disponibilizava filmes e séries para serem assistidos gratuitamente. A equipe responsável pela aplicação anunciou, abruptamente, seu fechamento e o fim das operações da plataforma em todas as suas versões, em caráter imediato.

Em comunicado oficial publicado no site oficial da plataforma, a equipe afirma apenas que “a motivação para continuar com esse projeto tem vindo a desvanecer”. O texto também dispensa motivos financeiros, afirmando apenas que o Vizer nunca foi idealizado como uma forma de fazer dinheiro, mas sim como uma maneira de democratizar o conteúdo de qualidade.

O serviço funcionava desde 2016 e disponibilizava, de graça, filmes e séries antigas ou em exibição. Muitos longas, por exemplo, apareciam na plataforma enquanto ainda estavam no cinema, enquanto shows originais ou exclusivos de serviços por streaming também apareciam por lá, com todo o conteúdo podendo ser assistido tanto pelo computador quanto em aplicativos para celulares e tablets.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

É uma dinâmica que, claro, também poderia levar a processos judiciais, mas, no comunicado, a equipe do Vizer não entrou nesse assunto. Porém, deixou bem claro que o serviço “não vai existir nunca mais”, não mudará de equipe nem será vendido. Os responsáveis pela plataforma também decidiram não expor suas identidades nem o trabalho que exerciam no site.

O time também dá alguns alertas de segurança relacionados ao Vizer. O comunicado cita serviços que copiaram o funcionamento e recursos da plataforma, e agora a equipe informa que toda plataforma que se disser uma versão renovada do sistema é falsa. Além disso, afirma que todos os dados de usuários estão criptografados e armazenados de forma desconectada – eles não serão vendidos nem podem ser acessados por terceiros.

Comoção online

A notícia do fim repentino das atividades do Vizer caiu como uma bomba nas redes sociais. Com a publicação do comunicado, a equipe de desenvolvimento do serviço incentivou os usuários a usarem a hashtag #ripvizer para marcarem o fechamento da plataforma. Em poucas horas, o assunto chegou ao topo dos assuntos mais comentados da rede social no Brasil.

A movimentação aconteceu durante todo o final de semana, com direito, claro, a memes e tristes piadas relacionadas ao fim do Vizer. Muitas citações mencionavam sucessos recentes como Vingadores: Guerra Infinita, que acabou de chegar aos cinemas, e a segunda temporada de Westworld, cujo segundo episódio foi exibido neste domingo (29).

O Canaltech tentou contato com a equipe do Vizer para obter mais comentários sobre o fechamento do serviço e, principalmente, as razões por trás do abrupto encerramento das atividades. Até o fechamento desta reportagem, porém, não havíamos recebido resposta.

Fonte: Vizer

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.