Saiba como Netflix e Amazon indicam os filmes que você assiste

Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

As plataformas de streaming de filmes, como Netflix e Amazon,substituíram completamente as locadoras de vídeos, uma vez que permitem ao usuário escolher entre centenas de títulos disponíveis para assistir em casa ou qualquer outro lugar que tenha internet. Além da comodidade, esses serviços parecem saber exatamente o que estamos procurando para assistir.

A Netflix, por exemplo, tem uma fileira inteira de títulos sugeridos e customizados para você. A pergunta que fica é a seguinte: como a Netflix e a Amazon sabe quais filmes ou séries gostaríamos de assistir? Como essa informação chega até essas empresas? É o que você vai descobrir a seguir.

Netflix, Amazon e a Inteligência Artificial

As plataformas de streaming contam com sistemas de recomendação de filmes, séries e, no caso do Spotify e outras do segmento de músicas, que têm como base a análise de dados. Através dela, os aplicativos conseguem acertar, quase sempre, as recomendações que aparecem para o usuário. Esse sistema conta com informações que são encontradas em todos os títulos, são elas:

  • Gênero
  • Nome do diretor
  • Elenco
  • Ano de lançamento
  • Prêmios ou nomeações
  • Trilha sonora
  • Orçamento
  • Receita
Plataformas como a Netflix e a Amazon usam Inteligência Artificial em suas recomendações (Imagem: Reprodução)

Não é difícil para uma plataforma como a Netflix, por exemplo, reconhecer cada uma das informações nos títulos escolhidos pelo usuário. Na medida em que a busca por um determinado gênero, diretor ou ator aumenta, as recomendações da plataforma passam a focar cada vez mais nele.

Embora o sistema de análise de dados utilizados pelas plataformas pareça bem simples, na verdade, ele é complexo, uma vez que nem sempre um bom resultado agrada o usuário. Por isso, cada vez mais dinheiro é investido nesses estudos de modo a aumentar as hipóteses de acertos e garantir a satisfação do usuário. Para isso, são utilizadas tecnologias como a Inteligência Artificial, machine learning, data mining, deep learning, entre outras, que originam sistemas bem complexos.

Afinal, o que são essas tecnologias?

Em uma explicação breve, a Inteligência Artificial (também conhecida como IA) consiste na habilidade que algumas máquinas têm, devido à sua programação, de aprender com experiências e se ajustar a novos dados, o que possibilita que elas realizem tarefas de uma maneira humanizada. A maioria das máquinas com essa inteligência dependem de deep learning para funcionar, que nada mais é do que o treinamento que permite a computadores realizarem tarefas como humanos.

O interessante é que o deep learning permite a máquinas reconhecer falas, identificar imagens e fazer previsões. É isso que, resumidamente, acontece quando a Netflix parece saber exatamente qual filme você vai gostar de assistir — e não é que ela acerta?

IA usada na análise de dados tem se desenvolvido cada vez mais (Imagem: Reprodução)

O machine learning, por sua vez, nada mais é do que o método de análise de dados que permite aos computadores exercer autonomia. Todos esses "ramos" da Inteligência Artificial contam com a construção de modelos analíticos complexos. É por isso que as sugestões da Netflix e de outras plataformas, embora pareçam bem simples, dependem de técnicas bem complexas em segundo plano.

Você sabia que as plataformas de streaming usavam sistemas tão complexos? Compartilhe com a gente nos comentários.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.