Bob Iger deixa cargo de CEO da Disney após 15 anos

Por Wagner Wakka | 26 de Fevereiro de 2020 às 13h00
Tudo sobre

Bob Iger

Saiba tudo sobre Bob Iger

O CEO da Disney, Bob Iger, deixou o cargo repentinamente nesta terça-feira (25). Apesar de abandonar o principal posto de chefia da companhia, ele continuará atuando na diretoria até o fim de 2021. Quem assume o posto é Bob Chapek, até então chefe da divisão de parques da gigante.

Iger será rebaixado para focar no “lado criativo dos negócios”. A informação vem em nota do próprio Iger, publicada pela Walt Disney Company: “Com o sucesso do lançamento dos negócios da Disney direto ao consumidor e a integração da Twenty-First Century Fox seguindo bem seu caminho, acredito que este é momento ideal para a transição ao novo CEO”.

O agora ex-CEO se refere ao lançamento do Disney+, plataforma de streaming que já conta com 28,6 milhões de assinantes em três meses de atuação no mercado.

Com 69 anos, Iger já demonstrou interesse em se aposentar por várias vezes. Contudo, ele demorou para iniciar o processo para seu sucessor. Agora, ele deve realmente sair da Disney em 2021. Ele se manteve no cargo por 15 anos.

De Bob para Bob

Bob Iger à esquerda, ao lado de Chapk, à direita (Foto: Divulgação/Walt Disney Company)

Bob Chapek, o novo CEO da Disney, também já tem muitos anos de Disney: já são 30 anos na companhia, 27 deles em cargos de liderança. Ele é o cabeça da área de parques da gigante, um dos setores mais importantes e rentáveis da companhia.

Com formação em microbiologia, Chapek começou na Disney em 1993, integrando a equipe de marketing. Antes disso, passou pela companhia de petróleo Amoco e escritórios de publicidade como H. J. Heinz e J. Walter Thompson.

Ele concorria pelo cargo com Peter Rice, da divisão de TV, e Kevin Meyer, quem lidera o setor do Disney+.

Fonte: Disney

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.