O Homem-Aranha realmente poderia parar um trem em movimento, segundo estudo

Por Redação | 27 de Fevereiro de 2013 às 17h28

Se você é um incrédulo e duvida que o Homem-Aranha seja realmente capaz de parar um trem do metrô descontrolado com apenas alguns fios de seda de aranha, você não está sozinho. Três estudantes da Universidade de Leicester, na Inglaterra, resolveram fazer um estudo sobre a famosa cena de "O Homem-Aranha 2" para tentar descobrir se ela poderia acontecer na "vida real".

Os estudantes de física descobriram que uma única teia de aranha, se fixada corretamente, poderia parar até mesmo quatro vagões do metrô de Nova York no momento em que se deslocam na velocidade máxima. A pesquisa foi divulgada na última edição do Jornal de Tópicos Especiais de Física da Universidade de Leicester.

O estudo mostrou que a quantidade de força que a teia de aranha iria precisar para parar um trem seria de "apenas" 300 mil Newtons. Para parar o comboio, o Homem-Aranha dispara oito fios separados de seda, cada um com uma largura de cerca de cinco milímetros, a uma distância média de 15 a 18 metros de cada lado da composição.

Levando em consideração que as teias do super-herói são parecidas com as de uma aranha real que possui a seda mais forte do mundo, apenas um fio seria o suficiente para parar o metrô nas condições apresentadas no filme. Eles utilizaram os números referentes à velocidade, distância, peso, força, a elasticidade e a capacidade que a seda aguenta antes de romper, para calcular fisicamente a possibilidade de a proeza acontecer.

Em suma, o resultado de tudo isso é que a cena é um retrato realista das capacidades de um tipo de seda de aranha com elasticidade média e alta tenacidade (impacto necessário para levar o material à ruptura).

"Geralmente se diz que as teias de aranha são mais fortes que aço, então nós pensamos que seria interessante ver se isso valeria para a escala do Homem-Aranha. Considerando o objeto de estudo, nós ficamos surpresos ao ver que a teia foi retratada com precisão", disse Alex Stone, um dos estudantes responsáveis pelo estudo, ao Discovery News.

Isso não quer dizer que você seria capaz de fazer isso na vida real por dois motivos básicos: primeiro porque você terá a mesma dificuldade de encontrar um local para ancorar os fios de seda da mesma forma que o Homem-Aranha. E segundo, as aranhas reais não conseguem soltar fios de seda com uma espessura de cinco milímetros. Nem mesmo as radioativas.

Mas na verdade nada disso tem muita importância, a não ser a maravilha que é usar a ciência para mostrar que a ficção científica muitas vezes está mais próxima da ciência real do que podemos imaginar.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.