Dispositivo portátil permite enxergar através das paredes

Por Redação | 16 de Dezembro de 2012 às 20h33
scanner terahertz

Engenheiros elétricos do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) desenvolveram minúsculos geradores de imagens que podem ser usados para equipar smartphones e fazê-los ver através de objetos sólidos.

Segundo informações do TGDaily, os chips geram e irradiam ondas em terahertz - que ficam em uma faixa de comprimento de onda entre as micro-ondas e o infravermelho - que podem penetrar em uma série de materiais sem o dano ionizante dos raios-x.

Os pesquisadores dizem que, incorporado em dispositivos portáteis, ele poderia ser usado para uma série de finalidades, desde a segurança nacional até mesmo para games. Eles afirmam que "esse chip permitirá uma nova geração de sensores extremamente versáteis".

Na verdade, o uso da digitalização em terahertz não é novidade. A polícia de Nova York, por exemplo, já utiliza para procurar armas. No entato, a maioria dos sistemas existentes hoje envolvem instalações de lasers volumosos e caros, que por vezes exigem temperaturas muito baixas.

A equipe do Caltech contou com uma mãozinha da IBM para projetar chips de silício que operam na frequência dos terahertz e não custam caro. A equipe de desenvolvimento do projeto diz ainda que a nova tecnologia possui sinais mil vezes mais fortes do que as existentes no mercado, e também podem ser dinamicamente programadas para apontar em uma direção específica.

Durante os testes, os pesquisadores conseguiram utilizar com sucesso seu scanner para revelar uma lâmina escondida dentro de um pedaço de plástico.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.