Xerox

"Work can work better."
  • Fundação

    Estados Unidos

A história da Xerox teve início em 1906, nos Estados Unidos, com uma empresa chamada The Haloid Photographic Company. A companhia, especializada na fabricação de filmes e equipamentos fotográficos, foi a responsável por investir na invenção de Chester Carlson, o criador da primeira imagem xerográfica do mundo, em 1938. A técnica criada por Carlson permitia a cópia de fotos, documentos e ilustrações, despertando o interesse Joseph C. Wilson, que comprou a ideia.

A partir da criação de Carlson e o investimento da Haloid, em 1949 foi lançada a primeira XeroX Copier. Poucos anos depois, a empresa disponibilizou no mercado a Copyflo, uma copiadora de microfilme que otimizou a cópia de documentos e livros. Com o sucesso das máquinas, que se tornaram cada vez mais compactas e melhores, a companhia passou investir em pesquisa e na expansão de seus negócios. Hoje, a Xerox atua não só no ramo das copiadoras, mas também em impressão, multifuncionais, scanners, softwares para escritório, gestão de documentos, entre outros.

De acordo com a companhia, a missão da Xerox é inovar "a forma como o mundo se comunica, se conecta e trabalha". Para alcançar esse objetivo, a empresa conta com mais de 5 mil cientistas e engenheiros e está presente em mais de 160 países. Além disso, a Xerox possui nada menos que 12 mil patentes ativas.

A Xerox chegou ao Brasil em 1965, com sua sede no Rio de Janeiro. No país, a companhia atua na distribuição dos produtos e serviços da empresa em território nacional.