Visa

Visa

"Everywhere you want to be."
  • Fundação

    Estados Unidos, em 1958

A história da Visa teve início em 1958, quando o Bank of America lançou, nos Estados Unidos, o primeiro programa de cartões de crédito — o BankAmericard. Em poucos anos, o banco alcançou quase 2 milhões de usuários do cartão, atraindo a parceria de outras instituições financeiras. 

Em 1970, o National BankAmericard é incorporado como National BankAmericard Inc., em Delaware (EUA), sob liderança do fundador Dee Hock. Quatro anos depois, é formado o International Bankcard Company para administrar o programa nacionalmente e mirando a expansão global. 

Os próximos dois anos também trouxeram destaques: em 1975 o cartão de débito teve a sua estreia. Já em 1976, o BankAmericard tornou-se, enfim, a Visa — reconhecida pelas bandeiras azul e dourada. Desde 1979, a marca já liderava o setor de pagamentos eletrônicos. Nesse momento, o foco de investimentos foi em marketing e novas tecnologias, para consagrar o cartão de crédito como método de pagamento. Ao longo das décadas de 1980 e 1990, foram lançados também os primeiros cartões Premium, Smart e pré-pagos. Posteriormente, em 2007 é formada a corporação global: Visa, Inc.

Em território brasileiro, a marca está presente desde 1971. O início das operações no Brasil aconteceu por meio de um acordo com o banco Bradesco. Mais tarde, em 1982, a VISA firmou um contrato de licença para uso da marca pela Credicard. Pouco anos depois, passou a operar de forma independente: em 1987 é criada a Visa do Brasil Empreendimentos Ltda.

Atualmente, a empresa de tecnologia de pagamentos se destaca e tem uma extensa rede, com mais de 2.5 bilhões de cartões em uso — conectando pessoas, negócios, bancos e governos, em mais de 200 países no mundo todo. 

Últimas sobre Visa