Telegram

Telegram

"A new era of messaging."
  • Fundação

    Rússia, em 2013

  • Sede

    Business Central Towers, Tower A, Office 1003/1004, Dubai, 501919, AE

O Telegram foi lançado em 2013 na Rússia e, atualmente, tem a sua equipe de desenvolvimento sediada em Dubai. Criado pelos irmãos Nikolai e Pavel Durov, o aplicativo de mensagens, que tem criptografia de ponta a ponta, é um dos principais concorrentes do WhatsApp. Com o serviço, seja em conversas em grupo ou privadas, qualquer pessoa pode enviar e receber mensagens de texto, fotos, áudios e vídeos, além de arquivos de diversos formatos (doc, zip, mp3, etc), de até 2 GB cada.

Financiado durante a maior parte da sua história, pelo fundador e CEO Pavel Durov, o Telegram adotou uma estratégia de monetização para manter e expandir sua infraestrutura, além de custear a equipe de desenvolvedores. Sendo assim, em 2022, foi inaugurada a versão Premium do Telegram. Ou seja, um serviço de assinatura pago, que oferece ferramentas adicionais. 

Com a versão premium é possível fazer o carregamento de arquivos de até 4GB, ter acesso a reações exclusivas, downloads mais rápidos, ausência de anúncios em canais públicos e limites duplicados. Isto é, a participação em até 1.000 canais, 4 contas em um único app, fixar até 10 chats na lista principal, mensagens de voz convertidas para texto, entre outras vantagens. 

O mensageiro instantâneo, que é baseado em nuvem com sincronização contínua, pode ser acessado em tablets e smartphones, por meio dos apps para Android, iOS e Windows Phone. O serviço também pode ser usado em computadores, por meio da sua versão web ou apps para desktop para Windows, macOS e Linux. 

De acordo com a companhia, em 2022, o Telegram entrou para a lista de top 5 aplicativos mais baixados no mundo e conta com 700 milhões de usuários ativos por mês. No Brasil, o app ganhou mais popularidade em 2015, quando o WhatsApp foi bloqueado pela justiça. Na época, o Telegram ganhou mais de 1 milhão de usuários brasileiros em poucas horas.

Últimas sobre Telegram