Google seleciona projetos jornalísticos inovadores e dá apoio de até R$ 1 milhão

Por Thaís Augusto | 06 de Junho de 2019 às 21h30
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

A Google abriu nesta quinta-feira (6) as inscrições para o primeiro Desafio de Inovação Google News Initiative (GNI) da América Latina. Serão selecionadas iniciativas que tenham foco em garantir a sustentabilidade do "ecossistema de notícias" a partir do desenvolvimento de novos modelos de negócios e produtos.

Podem se candidatar nativos digitais, startups, ONGs, veículos tradicionais, canais de televisão e freelancers com projetos inovadores. As inscrições podem ser realizadas no site do desafio até o dia 23 de julho, mas a Google pede que candidatos não se apressem para preencher o formulário online. "A janela de aplicação dura sete semanas. Aproveite esse tempo para documentar sua inscrição da forma mais completa possível e faça o download da lista de perguntas com antecedência. Todas as candidaturas elegíveis enviadas dentro do prazo serão analisadas".

A Google News Initiative foi lançada em março de 2018 em um esforço global para auxiliar o jornalismo a prosperar na era digital, diz a empresa. De acordo com a gigante, ao longo do período foram desenvolvidos projetos com mais de 350 empresas de imprensa de 70 países. "Essas organizações precisam de recursos para experimentar e inovar, criando novas formas de atender às necessidades de sua audiência na era digital. A maioria dos consumidores de serviços de imprensa na América Latina já acessa notícias (impressas ou em vídeo) pela internet", disse o diretor do Google News Lab no Brasil, Marco Túlio Pires.

Marco Túlio Pires, Coordenador do Google News Lab no Brasil

Quando apresentar a proposta, o candidato deve mostrar métricas claras de sucesso e uma avaliação do possível impacto financeiro, nos casos em que isso for relevante. Além disso, a candidatura deve ser realizada em inglês. "É importante que os projetos tragam resultados positivos não só para o próprio veículo, mas também considerem o ecossistema da imprensa como um todo. Pensando nisso, projetos colaborativos apresentados por duas ou mais organizações de imprensa receberão atenção especial", comentou Pires.

O executivo também entra no time da Google que vai avaliar as propostas. "Para garantir que toda a imprensa da América Latina aproveite os resultados, vamos produzir estudos de caso e compartilhar os conhecimentos gerados a partir de cada projeto com toda a indústria", explicou Pires. As propostas selecionadas pelo time da Google receberão até R$ 1 milhão como apoio financeiro.

A Google também anunciou a criação da Incubadora Jornalística de Nativos Digitais, um projeto piloto pioneiro no Brasil que vai oferecer mentoria e espaço físico no Google for Startups Campus em São Paulo para equipes que estão criando empresas jornalísticas digitais do zero. Elas receberão acesso a produtos e mentores da Google e especialistas da área e recursos para acelerar o desenvolvimento dos seus negócios, de modo que elas tenham mais chance de serem sustentáveis. A incubadora vai iniciar suas atividades no final de 2019.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.