Força Meninas lança curso para capacitar jovens contra crise climática

Força Meninas lança curso para capacitar jovens contra crise climática

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 07 de Junho de 2022 às 22h20
Reprodução/Daniel Thomas/Unsplash

O curso gratuito O Futuro É Agora, voltado a transformar jovens mulheres em agentes do combate à crise climática, começou as inscrições na plataforma Força Meninas. A iniciativa, ministrada de forma remota pelas ativistas Amanda Costa e Sabrina Cabral, é aberta para adolescentes de 13 a 17 anos.

Alinhado aos objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) 5 e 13 da Agenda 2030 da ONU, o curso acontece de forma assíncrona com cinco horas de conteúdo. Além de atividades, as participantes terão entrevistas com outras jovens lideranças, como:

  • Anna Luísa Beserra, fundadora do Safe Drinking Water For All;
  • Beatriz Diniz, representante de políticas públicas para minorias;
  • Ellen Monielle, criadora de conteúdos didáticos sobre veganismo em suas redes sociais;
  • Hamangai Pataxó, líder indígena engajada em sustentabilidade e mudanças climáticas;
  • Maria Isabele Farias, estudante de história que compartilha conteúdos sobre o tema na internet.

Amanda é ativista climática, jovem conselheira da ONU, delegada do Brasil no G20 Youth Summit e fundou o Instituto Perifa Sustentável. Foi reconhecida pela Forbes Under 30, LinkedIn Top Voices e Creator, TEDx Speaker e atua como vice-curadora no Global Shapers, comunidade de jovens do Fórum Econômico Mundial.

Curso para transformar adolescentes em agentes contra a crise climática terá cinco horas de conteúdo (Imagem: Reprodução/bruce mars/Unsplash)

Já Sabrina é uma das jovens impactadas pela Força Meninas. Também foi ganhadora do prêmio Juntas Somos a Força de 2020. Hoje é líder socioambiental e criadora do Ruma, um projeto que busca o desenvolvimento de lideranças nordestinas sobre assuntos voltados à cidadania e sustentabilidade.

As inscrições para a primeira turma do curso O Futuro É Agora devem ser feitas até 20 de junho no site da Força Meninas. Desde a sua criação em 2016, a plataforma Força Meninas ajudou mais de 45 mil meninas em 12 estados e 22 cidades brasileiras.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.