E3 2019 | Google Stadia permitirá oferta de assinaturas das próprias publishers

Por Rafael Arbulu | 10 de Junho de 2019 às 13h29
Google
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Google Stadia

Ficha técnica

Em entrevista ao jornalista Geoff Keighley durante o show ao vivo da E3 2019, o chefe da divisão da Google responsável pelo Stadia, Phil Harrison, confirmou que a empresa permitirá que publishers e desenvolvedoras de jogos ofereçam modelos de assinatura para aquisição do console de cloud gaming. A ideia, segundo ele, é abrir mais uma via para que os usuários tenham acesso ao hardware.

“Você verá algo nessa linha em seu devido tempo, a curto e médio prazo a partir de agora. Você verá publishers começando a pensar suas próprias assinaturas”, disse Harrison. “Vamos dar suporte a isso em nossa plataforma, e vamos ver alguns anúncios em relação a isso”.

O executivo não nomeou quais empresas ou jogos seriam beneficiados pela novidade, mas ressaltou que isso vai depender do tamanho da empresa envolvida: “Eu não acho que isso valerá para toda publisher, mas penso que algumas das companhias com catálogos maiores e lineups mais significativos…”.

Google Stadia aceitará modelos de assinatura conduzidos pelas próprias publishers

A entrevista tomou outros rumos a partir daí, mas, com base no que já sabemos sobre o Google Stadia, é possível tirar algumas especulações da cartola: a EA parece ser a candidata mais óbvia, já que seu serviço EA Access, há muito disponível no Xbox One e prestes a chegar no PlayStation 4, entra nessa categoria de “catálogos maiores”. Mais além, dos jogos anunciados para a plataforma até o momento, seis pertencem à Ubisoft; cinco são da Bethesda e quatro, da Square Enix.

Se por um lado isso pode abrir uma nova via de aquisição do Stadia, por outro a novidade complica um pouco mais as informações de pagamento pelo serviço, que já contam com dois modelos apenas pela Google: o Stadia Base, com possibilidade de jogar em até 1080p e 60fps, sem que você possa ter acesso a nenhum jogo. Ou seja, é o plano em que há apenas acesso à plataforma, sendo que você pode comprar o game individualmente.

Também há um pacote de assinaturas mensal chamado de Stadia Pro, que por US$ 9,99 dá acesso a um leque de games já no lançamento. Aqui, será possível jogar em 4K e 60 fps. Contudo, haverá apenas alguns jogos no início para este pacote, sendo que os outros games a serem adicionados serão cobrados à parte pela companhia.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.