Walmart encerra seu e-commerce no Brasil

Por Felipe Ribeiro | 10 de Maio de 2019 às 16h26

O e-commerce brasileiro foi pego de surpresa na manhã desta sexta-feira (10) com o anúncio do encerramento das vendas online do Walmart no Brasil. A partir de hoje, a empresa interrompe a venda de produtos pelo seu comércio eletrônico e passa a manter uma pequena estrutura interna como apoio às vendas já feitas pelos consumidores.

Desde 2017 o site da gigante do varejo americano operava apenas no modelo marketplace, ou seja, vendendo produtos de outros lojistas, os chamados "sellers". Cerca de 70 das 90 pessoas que compunham essa área foram demitidas. As restantes serão realocadas dentro do próprio Walmart.

Em nota oficial, o Walmart confirmou que, de fato, encerrará as atividades de comércio eletrônico, hoje sendo responsável por uma mínima parte do faturamento no Brasil, e que continuará atendendo nas 400 lojas físicas de atacado e varejo.

"A empresa está trabalhando em uma nova estratégia omnichannel, que será anunciada ao mercado. Nosso objetivo é atender nossos clientes onde quer que estejam, em qualquer canal. Em paralelo, a companhia mantém seu foco no atacado, clube de compras e no varejo físico, segmentos em que o Walmart Brasil enxerga enorme potencial de crescimento", disse o Walmart, em seu comunicado.

O Walmart Brasil é dono de marcas como Sam’s Club, Maxxi e Hipermercado Big. Para tirar dúvidas, os lojistas podem entrar em contato com o SAC pelo e-mail.

Fonte: Valor Econômico

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.