Paralisação dos caminhoneiros já começa a afetar o comércio eletrônico no Brasil

Por Ares Saturno | 29 de Maio de 2018 às 15h58

A greve dos caminhoneiros, iniciada no dia 21 de maio, está afetando o funcionamento de todos os serviços do país e nem o comércio eletrônico vai sair ileso. A plataforma de e-commerce Loja Integrada conversou com quase 450 lojistas virtuais em todo o território nacional, e 82,1% deles afirmaram que já estão sentindo os impactos negativos da greve em suas vendas. 71,9% dos entrevistados disseram estar com dificuldades para manter o calendário de entregas aos consumidores finais, enquanto 83% deles afirmaram que as vendas caíram notavelmente.

Alfredo Soares, responsável pela plataforma Loja Integrada, dá a dica para os lojistas acalmarem os ânimos dos clientes: “O Brasil passa por um momento delicado e vários setores estão sendo impactados. O lojista precisa estar preparado para informar seu cliente sobre a demora, oferecer novos prazos, além de preparar o atendimento para possíveis perguntas e reclamações. Uma boa dica é usar as redes sociais para se comunicar com seus consumidores, investir em novas formas de envio ou parcerias, além de oferecer um cupom de desconto para uma próxima compra, por exemplo, mas sem prejudicar o bem-estar financeiro da loja”.

E não são apenas os atrasos nas entregas e menor volume de vendas que atrapalha o cotidiano dos vendedores virtuais. O levantamento estatístico também concluiu que 23,8% dos entrevistados afirmaram que os cancelamentos das compras são um problema na greve. Os estados que foram mais afetados pela paralisação dos caminhoneiros são, até o momento, São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.