Novo serviço permite que compradores online retirem suas próprias encomendas

Por Redação | 20 de Julho de 2017 às 14h39
photo_camera Divulgação

Para atender às demandas dos compradores online brasileiros, está chegando aí uma rede de serviço de pontos de retirada de encomendas, a Send4. Segundo pesquisas realizadas, 55% dos clientes de lojas virtuais deixam de fazer compras por conta do valor do frete, o que deve ser reduzido com a implantação da novidade.

De acordo com as informações, o serviço irá baratear o custo do frete tanto para os consumidores quanto para os e-commerces. Com as entregas concentradas em um único endereço, os custos serão reduzidos entre 30% e 50%, o que deverá impulsionar as vendas online no Brasil.

"A Send4 é uma empresa brasileira, baseada em modelos que já funcionam fora do Brasil. Formada por 3 pessoas conhecedoras do mercado de delivery e e-commerce, com capital aportado por anjos desde o seu primeiro dia. O objetivo da companhia é popularizar ainda mais as compras online, beneficiando e-commerces, compradores e varejistas. Além de beneficiar a cidade que estamos, visto que um carro não precisa bater de porta em porta para fazer entregas, nós também evitamos poluição”, explicou Cristian Trentin, idealizador do projeto.

Na prática, o sistema contará com comércios locais associados, que serão responsáveis por receber as encomendas. Dessa forma, o consumidor irá até o local retirar o seu pacote. Vale destacar que esse modelo de entrega já é bastante utilizado nos Estados Unidos e na Europa. Tim Robinson, diretor executivo da parcel shop inglesa Doodle, maior empresa de pontos de retirada de encomenda do mundo, afirma que os consumidores têm diversos benefícios com o serviço:

“Aqui no Reino Unido nós falamos que a 'conveniência é o rei'. Consumidores modernos querem escolher quando e onde desejam realizar determinadas tarefas. É por essa razão que nós temos um mercado competitivo de lojas e conveniências, e também muito consumidores que usam esses serviços de retirada. Eles querem escolhas, flexibilidade e, acima de tudo, conveniência. Esse é um exemplo claro de como esse serviço é válido para os parceiros da Send4 por todo o Brasil", explicou o executivo.

A novidade surge no Brasil em um bom momento, já que recentemente os Correios anunciaram o fim do e-Sedex, gerando preocupação para os consumidores e proprietários de lojas virtuais.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.