E-commerce deve crescer em até 17% ao ano no Brasil até 2021, diz estudo

Por Natalie Rosa | 13 de Dezembro de 2019 às 08h15
BitBlog

A empresa de transportes e logística DHL, com o objetivo de identificar o comportamento do setor de e-commerce, desenvolveu um estudo em toda a América Latina prevendo que, até 2021, o crescimento anual do segmento no período deve chegar a 22%.

Ainda de acordo com o estudo, a expectativa de crescimento para o Brasil chega a 17%, ficando atrás apenas do México, que deve contar com aumento de 25%. Foram três divisões feitas na América Latina:

  • Brasil e México - Mercados maiores e portas de entrada para muitos players de e-commerce;
  • Colômbia, Argentina, Chile e Peru - Mercados de médio porte; 
  • América Central e Caribe - Mercados menores.

O estudo concluiu que esses mercados menores também contam com potencial de crescimento do comércio eletrônico entre países. Assim, seria mais prático fazer o estoque de produtos em diferentes regiões e atendendo várias localidades com custos mais baixos. Para Matthias Heutger, chefe global de inovação e desenvolvimento comercial da DHL, os resultados das pesquisas mostram que a América Latina deve abrigar a próxima fase de revolução do comércio eletrônico.

O e-commerce na América Latina mostra grande potencial, segundo a DHL / Imagem: Reprodução

"O setor continua relativamente em desenvolvimento na região, por isso ainda há espaços para os varejistas estabelecerem uma base e para os operadores de logística os apoiarem, construindo cadeias de suprimentos para um e-commerce eficiente", diz o executivo.

Para contornar os problemas que atingem o segmento, como as devoluções, a região precisa trabalhar com fatores como cooperação entre indústrias, zona de livre comércio, infraestrutura eficiente de portos e aeroportos, conhecimento específico de logística de e-commerce e regulamentação comercial e aduaneira favorável aos negócios.

O estudo completo está disponível para consulta online.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.