Japonesa NEC testa drone voltado a transportar pessoas no país

Por Wagner Wakka | 07 de Agosto de 2019 às 10h52
Divulgação/NEC

O primeiro drone tripulado fez seu primeiro teste, mas ainda sem levar ninguém. A empresa japonesa NEC realizou os experimento de voo do veículo em Tóquio, operando o aparelho de dentro de uma jaula de proteção.

Os engenheiros queriam ver se o sistema se comportaria como esperado, bem como se todo o dispositivo consegueria planar no ar com segurança. O drone subiu cerca de 3 metros do chão, estabilizou-se no ar e depois desceu. 

O aparelho pesa 150 kg e mede 3,9 metros por 3,7 metros. Em altura, ele tem 1,3 metros. Somente o suficiente para carregar até duas pessoas. 

A esperança é de que os drones possam ajudar a desafogar não só o trânsito do Japão, bem como os espaços utilizados por veículos estacionados no país. Como uma ilha, o Japão conta com uma das maiores densidades populacionais do mundo. 

“Isso significa que carros voadores poderiam aliviar muito o pesado trânsito. Estamos nos posicionando como fornecedores de mobilidade aérea, oferecendo dados de posicionamento e infraestrutura para carros voadores”, aponta Kouji Okada em entrevista à Bloomberg. 

O próprio país acredita na ideia. O governo local já permitiu que empresas criem um fundo de investimentos chamado Drone Fund, exatamente para poder investir neste tipo de veículo. A expectativa é de que até 2023 pelo menos as entregas sejam realizadas por drones no país. 

Apesar disso, a NEC ainda precisa de muitos mais mudanças, como melhorar a estabilidade, adicionar sistemas de segurança e passar por questões regulatórias no país, A empresa ainda não tem uma data oficial para que o drone comece efetivamente a operar no país. 

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.