Designer imagina drone capaz de projetar objetos em realidade virtual

Por Wagner Wakka | 11 de Junho de 2018 às 09h04
Seohee Lee

Pense em um drone capaz de projetar um ambiente imersivo ou mesmo um ambiente em sua parede. Este é o Space C, um protótipo imaginado pela designer industrial sul-coreana Seohee Lee. O aparelho é voltado à realidade virtual e segue na contramão dos drones atuais: ao invés de captar imagens, ele projeta figuras na parede.

“Hoje, o desenvolvimento da tecnologia de RV nos possibilita viajar ao redor do mundo enquanto estamos deitados na cama ou em uma pequena sala. O Space C é um drone de projetor de RV que nos possibilita viver esses momentos maravilhosos”, explica Lee em sua página do Behance.

A ideia é apenas um estudo de design e não traz nada além de uma proposta visual do Space C. O aparelho tem quatro hélices e um pequeno projetor. Segundo a designer, a ideia é fazer com que memórias que foram vividas possam ser recuperadas.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Dessa forma, a proposta é permitir que o drone reconheça para onde o usuário está olhando e reconstrua um ambiente projetado na parede de acordo com o movimento da pessoa tal qual um headset. A apresentação no Behance não explica como a tecnologia do drone seria capaz de fazer isso.

Lee tirou a inspiração do conto dinamarquês A Menina dos Fósforos. Na obra de 1845, uma menina sai às ruas na noite de Natal para vender seus fósforos. Temendo voltar para casa e apanhar de seu pai, ela começa a acendê-los para se esquentar. Contudo, o frio faz com que ela passe a imaginar momentos ilusórios nas sombras das paredes da cidade, como árvores de Natal e a imagem da falecida avó. Para não perder as ilusões, ela gasta todos os fósforos e acaba morrendo de frio.

Protótipo imaginado pela designer sul-coreana (Foto: Seohee Lee)

“Na noite em que a menina dos fósforos perdeu sua família, a avó, o aconchego do jantar; o fósforo lhe deu uma felicidade que nunca tinha sentido antes. O Space C tem a mesma proposta: nos apresentar a memórias fantásticas da mesma forma com que o fósforo foi capaz em A Menina dos Fósforos”, aponta a autora do projeto.

Apenas como uma criação artística, ela ainda apresenta imagens, como a da personagem do livro. Um outra projeção mostra um drone seguindo por um corredor enquanto projeta uma baleia que nada pela parede.

O projeto foi publicado no início deste mês e pode ser visto na página oficial da designer no Behance.

Fonte: Behance

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.